quarta-feira, 25 de maio de 2022

quarta-feira, 25 de maio de 2022

Governador Ronaldo Caiado inaugura Hospital Estadual da Criança e do Adolescente (Hecad)

Já em funcionamento, unidade será entregue na próxima segunda-feira (07/02), às 9h.

Com equipe técnica composta por mais de 500 profissionais, sendo 70 médicos, Hospital Estadual da Criança e do Adolescente oferece pronto-socorro, atendimento de especialidades pediátricas, exames e cirurgias

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), entrega à população goiana, o Hospital Estadual da Criança e do Adolescente (Hecad), em Goiânia, na próxima segunda-feira (07/02), às 9h, no Parque Acalanto, em Goiânia. A inauguração oficial da unidade, que já opera desde dezembro de 2021 para atendimentos ambulatoriais e a partir da segunda quinzena de janeiro como pronto-socorro, terá a presença do governador Ronaldo Caiado e do secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino. “Vocês verão o padrão. É para ter o ‘top’ da medicina, com nível internacional, como merecem todas as crianças do nosso Estado de Goiás”, diz Caiado.

O local absorve a demanda de pediatria, antes concentrada no Hospital Estadual Materno-Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI), que agora é destinado, exclusivamente, a atendimentos de neonatologia e obstetrícia, tornando-se o Hospital Estadual da Mulher (Hemu). Por meio da assinatura de um contrato emergencial, o Hecad é administrado pela Organização Social (OS) Associação de Gestão, Inovação e Resultados em Saúde (Agir). A estimativa de custeio do Governo de Goiás totaliza R$ 68,5 milhões para os 180 dias de vigência do contrato de gestão. O prédio foi adquirido pela SES por R$ 128,8 milhões.

Números de atendimentos
Desde que entrou em funcionamento, no dia 20 de dezembro do ano passado, até o último dia 2, o Hecad já realizou 2.683 atendimentos, sendo 1.950 de urgência/emergência; 398 na modalidade ambulatorial e 335 internações. No período entre 7 de janeiro e 2 de fevereiro, foram feitos 7.506 exames, sendo 6.420 de análises clínicas; 828 de raio-X; 141 ultrassonografias; 62 ecocardiogramas; 26 tomografias; 15 eletroencefalogramas; oito eletrocardiogramas e seis endoscopias. No mesmo período, foram realizadas, ainda, 84 cirurgias.

Até o dia 2 de fevereiro, a unidade atendeu pacientes oriundos de 148 municípios, sendo a maioria, residentes em Goiânia, 1.508, e Região Metropolitana (Aparecida de Goiânia, 384, Senador Canedo, 66, Trindade, 62 e Goianira, 40). Além disso, as equipes prestaram assistência, ainda, a 10 crianças de outros Estados, como Paraná, Rio Grande do Norte, São Paulo, Mato Grosso, Bahia e Alagoas.

A capacidade plena do hospital é para 146 leitos. Desse total, 116 são Unidades de Internação Clínica e Cirúrgica e 30 correspondem a leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Nessa primeira fase de implantação, a unidade já atende com 58 leitos de enfermaria e 30 leitos de UTI, sendo, atualmente, 10 destinados a pacientes em tratamento contra a Covid-19. Gradativamente, esse número será expandido.

O Pronto-Socorro funciona, ininterruptamente, durante 24 horas, todos os dias da semana. O prédio contará, a partir de segunda-feira (07/02), com uma sala de vacinação exclusiva para a imunização de crianças com idade entre 5 e 11 anos, contra a Covid-19, aberta de segunda a sábado, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia.

A equipe técnica do Hecad é composta por mais de 500 profissionais, sendo 70 médicos. A estrutura conta com 12 consultórios, que funcionam das 7h às 19h, de segunda a sexta-feira, além de ambientes únicos como fraldários, brinquedoteca com acompanhamento pedagógico, monitorização, capela ecumênica e espaço de acolhimento familiar.

Fotos: SES

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Publicações em Alta

Caiado apresenta projeto de fomento e incubação de cooperativas sociais

UEG retoma aulas presenciais na segunda-feira (11)

Caiado participa da abertura do 2º Congresso Brasileiro de Direito Religioso

Vacinação de Pessoas Acima de 60 Anos Deve Terminar Em Abril, Afirma Caiado