No Banner to display

segunda-feira, 20 de maio de 2024

segunda-feira, 20 de maio de 2024

No Banner to display

Setembro Verde: diálogo com a família é 1º passo para doação de órgãos

Central de Transplantes do Estado realiza ações para conscientizar sobre a importância de dizer que é doador de órgão. Goiás é o 10º que mais realiza transplantes entre os estados brasileiros.

Servidores da Central de Transplantes distribuíram panfletos informativos e tiraram dúvidas das pessoas interessadas no no assunto

O Governo de Goiás, por meio da Central Estadual de Transplantes, com na promoção da campanha Setembro Verde, realizou neste final de semana ações de conscientização sobre a importância de que as famílias conversem sobre o tema. Nos shoppings Passeio das Águas e Cerrado, em Goiânia, equipes distribuíram material informativo e tiraram dúvidas do público.

A coordenadora da ação, Sandra Amorim, destaca que a família é a responsável por conceder autorização para a doação no momento da perda de um ente querido. Por esse motivo, é tão importante expressar essa vontade ainda em vida. Ela conta que o testemunho de uma mãe inspirou a ação.

“Essa mãe nos contou que seu filho de 19 anos, que enfrentava problemas de saúde, manifestou seu desejo de ser um doador. Dias depois, ainda no mesmo mês, ele faleceu e ela decidiu honrar a vontade do jovem. Mesmo em um momento de dor, essa mãe entendeu que a doação, além de ser um ato de amor, era respeito à última vontade de seu filho”, relata.

O caso é do jovem Haylloan Helyabe de Oliveira Gomes, que doou as duas córneas, os dois rins e o coração. Segundo a mãe dele, Luciana Maria Baltazar de Oliveira, o rapaz sofreu uma queda no banheiro de casa, passou 11 dias internado no Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) e veio a óbito.

“Nossa ação nos shoppings buscou sensibilizar as pessoas e reforçar a necessidade de manifestar aos familiares o desejo de ser doador de órgãos. Explicamos como funciona o processo e desmistificamos algumas informações falsas sobre a doação. As pessoas ainda têm medos como o corpo ficar deformado, mas não é assim que acontece. Nessas oportunidades podemos esclarecer da melhor maneira possível”, pontua Sandra.

*Transplantes em Goiás*
Goiás tem 36 equipes credenciadas para realização de transplantes e é o 10º estado brasileiro que mais realiza transplantes de rins no país. De janeiro a julho de 2022, foram realizados 329 transplantes de órgãos e tecidos, sendo 55 de rins, 4 de fígado, 246 de córneas, 11 de medula óssea e 13 musculoesqueléticos.

Fotos: Divulgação

Secretaria de Saúde de Goiás (SES) – Governo de Goiás

Publicações em Alta

PIB de Goiás cresce 4,4% em 2023 e fica acima da média nacional

Polícia Civil prende autor de homicídio e dupla tentativa de homicídio em Caldas Novas

Vereador Everton Jamal leva projeto “Gabinete Itinerante” aos bairros de Caldas Novas

Equatorial Goiás troca 200 chuveiros em Morrinhos