No Banner to display

sábado, 4 de dezembro de 2021

sábado, 4 de dezembro de 2021

Seleção simplificada para as Escolas do Futuro abre 461 vagas

A Fundação de Apoio à Pesquisa (Funape), da Universidade Federal de Goiás (UFG), abriu processo seletivo simplificado para seleção de 461 profissionais para as Escola do Futuro do Estado de Goiás (EFG).

A EFG em Artes Basileu França continuará atuando na formação profissional e tecnológica na área de artes: música, dança, teatro, artes visuais e circo (Foto: Arquivo/Secom-GO)

A Fundação de Apoio à Pesquisa (Funape), da Universidade Federal de Goiás (UFG), abriu processo seletivo simplificado para seleção de 461 profissionais para as Escola do Futuro do Estado de Goiás (EFG). As vagas são de nível fundamental, médio e superior, em caráter temporário – prazo de validade de cinco anos. São 396 vagas para as EFGs Luiz Rassi (Aparecida de Goiânia), José Luiz Bittencourt (Goiânia), Basileu França (Goiânia) e Sarah Luísa Lemos Kubitschek de Oliveira (Santo Antônio do Descoberto). E outras 65 para a Orquestra Filarmônica de Goiás (OFG).

Os salários partem de R$ 1.350, para inspetor de turno, até R$ 6.000, para diretor de escola, nas EFGs. A vagas para a Filarmônica têm salário inicial de R$ 2.106, para inspetor de orquestra, até R$ 6.500, para spalla (primeiro-violino de uma orquestra).

As inscrições para as vagas dentro das Escolas do Futuro estão abertas e seguem até o próximo dia 8 de agosto – resultado já sai no dia 18 de agosto. Para a Orquestra, as inscrições começam nesta quinta-feira (5), a partir do meio-dia, e seguem até 10 de agosto – resultado no dia 28 de agosto. Ambas as inscrições podem ser feitas no site do Centro de Seleção da UFG – https://www.cs.ufg.br/. Não haverá cobrança de taxa de inscrição para o processo seletivo simplificado.

“São vagas diversas para contratação imediata, desde analistas, auxiliares administrativos, professores, músicos e coordenadores. As Escolas do Futuro já entram em operação a partir de setembro”, explica o superintendente de Capacitação e Formação Tecnológica da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), José Teodoro Coelho.
A Funape, por meio do convênio com a Sedi e a UFG, será responsável pela gestão das Escolas do Futuro do Estado de Goiás. A EFG tem como proposta de trabalho atender as demandas inerentes à formação de profissionais técnicos com perfil voltado ao domínio de tecnologias inovadoras (base tecnológica).

O aluno poderá entrar para fazer uma capacitação, qualificação ou curso técnico. “O estudante pode se capacitar, absorver uma habilidade que precisa e ir para o mercado. Ou pode fazer toda a trilha de formação dentro da escola e chegar ao técnico”, explica o secretário de Desenvolvimento e Inovação, Marcio Cesar Pereira.

As principais formações técnicas na área de tecnologia serão em inteligência artificial, robótica, big data, data science e internet das coisas (IoT). A EFG em Artes Basileu França continuará atuando na formação profissional e tecnológica na área de artes (música, dança, teatro, artes visuais e circo).

Mais informações: (62) 3201-5180

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Publicações em Alta

Jogos Abertos classificam mais equipes para fase regional

Caldas Novas realiza primeira etapa dos Jogos Abertos de Goiás 2021

Observatório de Segurança: 118 municípios goianos não registraram homicídios no 1º semestre

Goinfra reduz em 46% custo público com radares, aplica 284 mil autos de infração a menos gera economia direta de R$ 52 milhões