No Banner to display

domingo, 17 de outubro de 2021

domingo, 17 de outubro de 2021

Sedi formulará política pública para incentivar e apoiar negócios de impacto

O Governo de Goiás estuda uma maneira de apoiar os negócios de impacto no Estado.

A Enimpacto é uma articulação de órgãos e entidades federal, do setor privado e da sociedade civil com o objetivo de promover um ambiente favorável ao desenvolvimento de investimentos e negócios de impacto (Foto: Sedi)

O Governo de Goiás estuda uma maneira de apoiar os negócios de impacto no Estado. Titular da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação, o secretário Marcio Cesar Pereira se reuniu virtualmente com coordenadores da Estratégia Nacional de Investimentos e Negócios de Impacto (Enimpacto) na tarde desta segunda-feira (4). O objetivo do encontro é formular políticas públicas estaduais que incentivem e apoiem negócios de impacto.

“Queremos entender como operam e como podemos estruturar uma política estadual de apoio em Goiás. Uma das possibilidades é instituir uma lei estadual que alavanque esses negócios”, revelou o secretário.

A Enimpacto é uma articulação de órgãos e entidades da administração pública federal, do setor privado e da sociedade civil com o objetivo de promover um ambiente favorável ao desenvolvimento de investimentos e negócios de impacto. Esses empreendimentos são caracterizados com o objetivo de gerar impacto socioambiental e resultado financeiro positivo de forma sustentável.

“São empresas pequenas, médias e grandes que têm a intencionalidade clara, bastante definida, de resolver problemas sociais e ambientais por meio de seu negócio”, explica a subsecretária de Ciência, Tecnologia e Inovação da Sedi, Sheila Pires. Novas reuniões entre os coordenadores da Enimpacto e da secretaria devem ser realizadas nas próximas semanas para aprofundamento do tema

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Publicações em Alta

Expresso Balcão capacita servidores de 12 municípios

Polícia Penal registra aumento de apreensões de K4, conhecida como supermaconha

Caiado anuncia isenção da contribuição previdenciária de aposentados e pensionistas com salário de até R$ 3 mil e redução da cobrança para os que recebem acima desse valor

Operação integrada apreende 200 kg de cloridrato de cocaína