No Banner to display

quarta-feira, 24 de julho de 2024

quarta-feira, 24 de julho de 2024

No Banner to display

Rogério Cruz inaugura novo Terminal Isidória, após reconstrução que demandou investimento de R$ 19,5 milhões: “Obra que revoluciona o transporte coletivo de Goiânia”

Estrutura entra em operação na madrugada desta terça-feira (26/07), é três vezes maior, disponibiliza Wi-Fi gratuito aos passageiros, tem 32 câmeras de videomonitoramento e segurança.

O prefeito Rogério Cruz inaugurou, nesta segunda-feira (25/07), o segundo maior terminal de embarque e desembarque da Região Metropolitana de Goiânia: o Isidória. Pelas cinco plataformas do terminal, vão passar cerca de 1,5 milhão de passageiros por mês. Ao lado do ministro de Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, ele afirmou que essa é uma das obras mais importantes da sua gestão: “A estrutura representa uma revolução no transporte coletivo de Goiânia. Servirá de modelo para outras estações, como a Rodoviária e da Perimetral”, disse.

A prefeitura investiu R$ 19,5 milhões na obra, que começou em 2020. O Isidória entra em operação nesta terça-feira (26/07) e, por ele, vão passar 22 linhas de ônibus: dois, seis, sete, nove, 14, 15, 20, 25, 183, 185, 198, 203, 565, 568, 612, 616, 650, 651, 660, 919, 920 e 934. A área construída passou de 2,1 mil metros quadrados para 7,9 mil metros quadrados. Além da expansão física, houve investimento em tecnologia.

Rogério Cruz afirma que a reconstrução do Isidória se insere no contexto de transformações no transporte coletivo da capital. “A prefeitura investe mais de R$ 70 milhões por ano para implementar mudanças estruturais no sistema e encaminhar soluções definitivas para problemas históricos. Lançamos, por exemplo, o Bilhete Único e o Passe Livre do Trabalhador, que permitem integração entre linhas e redução de custos”, disse o prefeito.

“Esse Terminal Isidória recebeu uma estrutura de alta qualidade e segurança, com uso de câmeras de videomonitoramento em tempo real. Temos um terminal inovador, que oferece conforto, acessibilidade e conectividade aos passageiros por meio de Wi-Fi gratuito e de rápida velocidade”, anunciou Rogério Cruz. “Esta é uma entrega importante, mas não é tudo que temos para fazer”, pontuou.

O ministro de Desenvolvimento Regional disse ser testemunha do esforço do prefeito para viabilizar a obra. “Mais importante do que a fotografia do evento de hoje é o filme. E o filme traz uma história de dedicação por parte da prefeitura de Goiânia, para que o Isidória ficasse como está”, apontou. Daniel Ferreira afirmou que a reconstrução do terminal vai mudar a realidade de famílias.

O Isidória vai funcionar das 5h às 23h30. Assim que o BRT Norte-Sul estiver concluído, o terminal será uma das principais plataformas de embarque e desembarque do novo modal. O BRT será dividido em dois trechos, que cortarão a cidade de norte a sul. E o ponto de intersecção desses dois trechos será o Isidória. “O transporte público da Região Metropolitana tem jeito quando trabalhamos todos juntos, como está acontecendo”, disse o presidente da CMTC, Tarcísio Abreu.

O secretário municipal de Infraestrutura, Everton Schmaltz, afirmou que esta é a última grande obra do trecho 2 do BRT Norte-Sul. “Construímos um sistema de mobilidade que está em consonância com os desejos de cada pessoa que faz uso dos diversos modais de deslocamento. Algo assim não se faz sozinho. Resulta de esforço e do engajamento coletivos. É uma obra que fará a diferença”, destacou.

Vinícius Rodrigues, 29 anos, é marido de uma das musicistas da orquestra que tocou na solenidade e, como usuário do transporte coletivo, gostou do resultado da obra: “Ficou, tudo moderno e digital. Era muito diferente. Virou um ótimo terminal”. Ele estava acompanhado do filho, José Vinícius, que ainda é bebê de colo.

O secretário municipal de Mobilidade, Horácio Mello, afirmou que a reconstrução do terminal converge com objetivo de dar mais conforto à população. “O que o prefeito faz não é só mobilidade urbana, é mobilidade humana”. Ele disse que SMM acompanhará e dará suporte ao início da operação no novo terminal.

“Esse trabalho será incansável até termos um dos melhores sistemas de transporte público do mundo, não só do Brasil. Com tecnologia, frota renovada, Eixo Anhanguera recapeado”, afirmou o secretário-geral da Governadoria, Adriano da Rocha Lima, que no ato representou o governador Ronaldo Caiado. “Com mãos dadas à prefeitura de Goiânia, o Estadpo trabalha para oferecer um transporte coletivo exemplar”, ressaltou.

A obra

O novo Terminal Isidória tem área construída de 7,9 mil metros quadrados, ou seja, três vezes maior do que o antigo, que funcionava no mesmo local (2,1 mil metros quadrados). A cobertura do terminal tem 8 mil metros quadrados e é metálica, o que contribui para propiciar temperaturas mais amenas no ambiente interno.

São 35 pilares de 11 metros cada e 7,1 mil metros quadrados de pavimento de concreto. Há cinco plataformas de embarque (uma delas atenderá o BRT Norte-Sul com exclusividade, no futuro próximo). O projeto demandou 290 toneladas de aço. A nova rede de drenagem tem 1,6 mil metros.

Além da expansão física, o novo Isidória incorporou tecnologia à rotina operacional. Os usuários do transporte coletivo que passarem por lá terão acesso gratuito à rede de internet Wi-Fi. Cinco roteadores funcionarão para garantir a qualidade do sinal. Os passageiros usufruirão de uma rede diferente daquela a ser usada pela prefeitura na gestão do terminal.

Uma Central de Controle e Operação (CCO) vai cuidar da segurança com auxílio de 32 câmeras de vigilância, das quais 30 são fixas e duas com capacidade para se movimentar em 360°, com resolução e poder de alcance ampliados. O acompanhamento das imagens caberá à Guarda Civil Metropolitana (GCM) e à Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM), 24 horas.

Participaram do evento, a secretária nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano, Sandra Holanda, o secretário particular e chefe de gabinete do prefeito, José Firmino, demais secretários municipais, comandante da Guarda Civil Metropolitana, Wellington Paranhos, diretor da Polícia Rodoviária Federal, Vinícius Veiga Fleury, e os vereadores Anselmo Pereira, Isaías Ribeiro e Edgar Duarte.

Fonte: DM

Publicações em Alta

Polícia Civil prende autor de homicídio e dupla tentativa de homicídio em Caldas Novas

Equatorial Goiás troca 200 chuveiros em Morrinhos

Detran disponibiliza Disque-Guincho para remoção de veículos

Prefeitura de Caldas Novas espera receber 150 mil pessoas no Feriado de Tiradentes

No Banner to display