No Banner to display

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Projeto “Educação e Justiça – Maria da Penha na Escola” ganha modalidade EAD

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds) passa a disponibilizar para profissionais da Educação dos municípios goianos o curso de capacitação sobre combate e prevenção à violência contra a mulher.

Novidade é fruto de parceria da Seds com Tribunal de Justiça, Defensoria Pública, Ministério Público e a TBC (Foto: Seds)

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds) passa a disponibilizar para profissionais da Educação dos municípios goianos o curso de capacitação sobre combate e prevenção à violência contra a mulher. A iniciativa integra o programa “Educação e Justiça – Maria da Penha na Escola”, que agora tem uma nova versão, na modalidade de Ensino a Distância (EAD).

A realização é fruto de uma parceria entre a Seds, o Tribunal de Justiça, a Defensoria Pública, o Ministério Público e a TV Brasil Central, que fez a gravação e a edição de todos os módulos. Cada tema é abordado por um representante dos órgãos envolvidos, com especialização no trabalho de combate à violência doméstica.

Os alunos receberão certificado de capacitação e poderão repassar o conteúdo em suas instituições de ensino. Para ter acesso, os gestores municipais devem procurar a Superintendência da Mulher e Igualdade Racial, da Seds. “É mais um fruto de um trabalho conjunto, que vai ajudar de forma significativa no combate à violência contra mulher. O curso aponta caminhos, soluções e ensina como acolher a vítima. A linguagem é acessível e os temas, essenciais”, destaca o secretário de Desenvolvimento Social, Wellington Matos.

A defensora pública Gabriela Hamdan, que é uma das palestrantes dos módulos, ressalta a importância desse trabalho de conscientização: “Muitas mulheres sequer reconhecem a situação de violência em que vivem. Por isso a importância do curso, em que abordamos os tipos de violência e mostramos que existem saídas seguras”.

O presidente da TBC, Reginaldo Júnior, abraçou o projeto e abriu espaço para novas parcerias. “Temos que continuar este trabalho, pois os resultados são únicos”, diz. Resultados que também são comemorados pelo juiz Vítor Umbelino, palestrante, que destaca a necessidade de ampliar a reprodução desse conteúdo: “O isolamento social intensificou o problema. Precisamos falar mais sobre o assunto e trabalhar juntos nessa causa”.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Últimas notícias

Em dia histórico, Governo do Estado assume gestão e regulação dos hospitais próprios, em Goiânia

Governador Ronaldo Caiado inicia entrega de 250 mil cestas básicas, em Goiânia, e cumpre agenda em Mara Rosa, nesta sexta-feira (17/09)

Em Montes Claros de Goiás, Caiado participa, ao lado do ministro da Infraestrutura, de entrega da restauração da BR-070

Caldas Novas vacina adolescentes de 12 a 17 anos com deficiência permanente e aplica terceira dose em idosos