No Banner to display

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

Projeto de lei cria auxílio para alunos do ensino médio

O governador Ronaldo Caiado enviou, nesta quarta-feira (3), para a Assembleia Legislativa o projeto de lei que institui o Programa Bolsa Estudo.

Governador Ronaldo Caiado, ao lado de estudantes do ensino médio: “Sabemos que a evasão escolar tem sido enorme no fim do ensino fundamental e, por isso, todo jovem do ensino médio vai receber R$ 100 por mês para mantê-lo dentro da atividade escolar, é um incentivo por parte do governo” (Foto: Lucas Diener)

O governador Ronaldo Caiado enviou, nesta quarta-feira (3), para a Assembleia Legislativa o projeto de lei que institui o Programa Bolsa Estudo. O auxílio será vinculado à Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e consiste na transferência mensal de R$ 100 a todos os alunos do ensino médio da rede pública estadual. O objetivo do governador é incentivar a aprendizagem e a permanência dos alunos em sala de aula.

Serão beneficiários do programa todos os estudantes da última fase de aprendizagem do Estado de Goiás, nos anos de 2021, 2022 e 2023. A bolsa será paga exclusivamente nos meses de fevereiro a junho e de agosto a dezembro.

“Nós sabemos que a evasão escolar tem sido enorme no fim do ensino fundamental”, afirmou o governador Ronaldo Caiado. “Por isso, todo jovem do ensino médio vai receber R$ 100 por mês para mantê-lo dentro da atividade escolar, é um incentivo por parte do governo”, destacou. “Ele terá que estar presente às aulas e dentro das regras estabelecidas, para ter o benefício”, informou.

A expectativa é que o Bolsa Estudo contemple cerca de 218 mil estudantes ainda no ano de 2021. A iniciativa terá o Gabinete de Políticas Sociais como parceiro no monitoramento e na articulação institucional.

O Governo de Goiás prevê que o impacto orçamentário e financeiro estimado da proposta será de R$ 21,8 milhões para o exercício de 2021. Já para os anos de 2022 e 2023, o impacto será de R$ 233,2 milhões e R$ 248,6 milhões, respectivamente. De acordo com Caiado, “governar é isso: é fazer com que o dinheiro chegue para a população, para os que mais precisam. Nós temos que cuidar das pessoas”.

Investimentos
O Governo de Goiás atingiu a marca histórica de R$ 2,3 bilhões de investimentos no setor educacional. Os valores foram aplicados em todos os 246 municípios goianos. Entre 2019 e 2021, o Estado reformou mais de mil unidades escolares, construiu quadras, destinou verbas para compra de equipamentos, distribuiu uniformes, tênis, kits escolares e ampliou recursos para implantação de laboratórios de tecnologia e robótica. Segundo o governador Ronaldo Caiado, a ampliação de verbas para o setor “é resultado de uma gestão eficiente e que tem responsabilidade para com o dinheiro público”.

A distribuição de computadores, modelo Chromebook, para todos os alunos do último ano do Ensino Médio é um exemplo dos investimentos realizados no setor. Foram adquiridos 60 mil aparelhos, ao custo de R$ 144 milhões. A meta do Estado é dar a esses alunos condições de ampliar conhecimentos em preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), considerado a principal porta de entrada para a universidade.

Casa Civil

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Publicações em Alta

Goiana disputa vaga para as Olimpíadas Internacionais de Química

Jogos Abertos classificam mais equipes para fase regional

Atividades presenciais na Alego foram retomadas nessa 2ª-feira, 2, das 7 às 19 horas, podendo atingir até 50% do efetivo

Saúde faz acolhimento de novos profissionais do Programa Mais Médicos