No Banner to display

domingo, 17 de outubro de 2021

domingo, 17 de outubro de 2021

Polícia prende grupo suspeito de furto de gado, em Niquelândia

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais (DERCR), prendeu seis pessoas suspeitas de furto de gado em uma fazenda na região de Niquelândia, em janeiro deste ano.

Quadrilha levou 27 cabeças de gado, a mando do chefe do grupo, que havia tentado comprar a terra (Foto: Polícia Civil)

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais (DERCR), prendeu seis pessoas suspeitas de furto de gado em uma fazenda na região de Niquelândia, em janeiro deste ano, com o objetivo de causar desvalorização da propriedade rural. A Operação Speculatio, como foi batizada a ação, contou com o apoio do Ponto Focal de Cocalzinho, Gerência de Operações de Inteligência, Delegacias de Jaraguá e Santo Antônio do Descoberto e Genarc de Niquelândia.

Conforme investigações, a quadrilha, que tinha atuação também no estado de Minas Gerais, causou um prejuízo de cerca de R$ 150 mil pecuarista de Niquelândia. “Eles levaram 27 cabeças de gado, a mando do chefe do grupo, que havia tentado comprar a terra, uma propriedade que fazia limite com sua fazenda. Como não conseguiu fazer o negócio, ele organizou o furto para desvalorizar o valor da propriedade”, esclarece a delegada Rafaela Razzi, titular da DERCR.

Segundo a delegada, o grupo criminoso seria encabeçado por Marklane Correia Peres e composto por oito indivíduos. “Marcão, como é conhecido Marklane, tentou por diversas vezes comprar apenas a parte agricultável da propriedade rural limítrofe à sua”, explica. O furto teria sido planejado para forçar o negócio. No cumprimento de sua prisão preventiva em Niquelândia, Marklane chegou a ser autuado em flagrante por posse de arma de fogo. Duas pessoas seguem foragidas.

Comunicação Polícia Civil

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Publicações em Alta

Expresso Balcão capacita servidores de 12 municípios

Polícia Penal registra aumento de apreensões de K4, conhecida como supermaconha

Caiado anuncia isenção da contribuição previdenciária de aposentados e pensionistas com salário de até R$ 3 mil e redução da cobrança para os que recebem acima desse valor

Operação integrada apreende 200 kg de cloridrato de cocaína