No Banner to display

domingo, 25 de julho de 2021

domingo, 25 de julho de 2021

Pesquisas científicas realizadas nas unidades da SES aumentam 117%

As pesquisas científicas realizadas no primeiro semestre deste ano nas unidades da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) registraram aumento de 117%, em relação ao mesmo período do ano passado.

Das pesquisas em andamento desde o ano passado, 25 são sobre a Covid-19. É o que aponta o Boletim Especial sobre Pesquisas Covid-19 (Foto: Divulgação)

As pesquisas científicas realizadas no primeiro semestre deste ano nas unidades da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) registraram aumento de 117%, em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados são da Coordenação de Pesquisa da Superintendência da Escola de Saúde de Goiás (Sesg), instituição responsável pelo monitoramento das pesquisas realizadas nas unidades de saúde do Governo de Goiás.

Segundo o levantamento, de janeiro a julho de 2020, a Coordenação de Pesquisa havia cadastrado 34 novas pesquisas científicas que estavam em andamento nas unidades da SES-GO. Esse número subiu para 74 estudos cadastrados entre janeiro e julho de 2021.

A coordenadora de pesquisa da Gerência de Pesquisa e Inovação, Amélia Cristina Stival Duarte, acredita que o reconhecimento da ciência e da pesquisa como instrumentos fundamentais no combate à pandemia fortaleceu cientistas e estudiosos de todo o mundo. “Essa capacidade de se adaptar e aproveitar da melhor forma possível esse cenário demonstra que o pesquisador é engajado em cumprir o objetivo principal da pesquisa, que é proporcionar subsídio científico para o desenvolvimento de diretrizes, metas, ações e políticas de saúde que garantam melhorias para a sociedade”, avalia.

A servidora da Sesg, que também é pesquisadora na área de nutrição e saúde, destaca o apoio que a SES-GO presta ao pesquisador. “Além de fornecer apoio metodológico, contamos até com subsídios financeiros na área de pesquisa em saúde, como é o caso do PPSUS. Goiás tem um campo muito vasto para desenvolvimento de pesquisas, que vai muito além da área da saúde”, afirma

Covid-19
Das pesquisas em andamento desde o ano passado, 25 são sobre a Covid-19. É o que aponta o Boletim Especial sobre Pesquisas Covid-19, publicado nesta quinta-feira (8/7), data em que se celebra o Dia Nacional do Pesquisador e da Ciência. Na linha de frente do desenvolvimento dos estudos, estão 108 cientistas de oito unidades de saúde estaduais: Crer, HDT, Hemogo, HGG, HMI, Hugol, Hcamp Goiânia e Sesg.

Entre os temas pesquisados estão: O impacto psicoemocional da pandemia Covid-19 nos profissionais de saúde em hospital geral; Atuação profissional no serviço hospitalar de fisioterapia diante das infecções por coronavírus (Covid-19) e a percepção da categoria pelos demais profissionais da saúde de um hospital público; e Protocolo de terapia nutricional do paciente crítico com Covid-19.

Pesquisa na SES-GO
Para realizar uma pesquisa em unidades de saúde ou unidades administrativas da SES-GO, é necessário que o pesquisador cumpra a Portaria nº 609/2020-SES, que estabelece um fluxo de autorização de pesquisa científica com coleta de dados realizada nessas unidades. Todas as pesquisas devem ter autorização da Sesg formalizada por meio do cadastro da pesquisa por meio do link da Gerência de Pesquisa e Inovação.

A SES-GO, por meio da Sesg, apoia o desenvolvimento da ciência e pesquisa em Goiás por meio de vários instrumentos. Como instituição oficial do Governo de Goiás na área de educação permanente em saúde, a Sesg oferece cursos autoinstrucionais em sua plataforma virtual de aprendizagem sobre temas relacionados à metodologia científica, epidemiologia e bioestatística, entre outros, no endereço https://educa.saude.go.gov.br/.

Destinado a profissionais de saúde que atuam no SUS e comunidade em geral, o projeto de capacitação formado por 17 minicursos surgiu da necessidade de instrumentalizar os profissionais de saúde sobre temas relacionados à pesquisa científica.

Resap
A Revista Científica do Governo de Goiás é outra ferramenta importante para a divulgação da ciência utilizada pela SES-GO. Denominada Revista Científica da Escola Estadual de Saúde Pública de Goiás Cândido Santiago, a Resap é um periódico de acesso livre e gratuito, publicado apenas na versão eletrônica.

A revista tem com missão disseminar o conhecimento científico, revisto por pares, desenvolvido por pesquisadores e trabalhadores da área das ciências da saúde, com ênfase em Saúde Pública, Saúde Coletiva, Educação em Saúde e Gestão em Saúde.

A Resap está indexada no Latindex em catálogos 1.0, e no Portal das Revistas Científicas em Ciências da Saúde da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS/Bireme). Foi classificada com qualis C na lista preliminar da Capes divulgada em julho de 2019.

Para acompanhar as ações da SES-GO na área de pesquisa e inovação, acesse https://www.saude.go.gov.br/sesg/pesquisa-e-inovacao.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Últimas notícias

Na cidade de Goiás, Caiado entrega revitalização do Palácio da Instrução e destaca resgate histórico

Governador Ronaldo Caiado inaugura nova sede da Emater, em Goiânia

Governo segue pagando diferenças salariais da Educação devidas desde os anos 1990

Na cidade de Goiás, Caiado faz vistorias e participa de evento da Educação sobre volta às aulas