quinta-feira, 30 de junho de 2022

quinta-feira, 30 de junho de 2022

Pela primeira vez, Goiás lidera duas instituições do turismo nacional

Os dois principais órgãos que agregam autoridades públicas do setor de turismo no país passam a ser comandados por dirigentes de Goiás.

O presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, comanda o Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur). A secretária de turismo de Pirenópolis, Vanessa Leal, assumiu a presidência da Associação Nacional dos Secretários e Dirigentes Municipais de Turismo (Anseditur). (Foto: Goiás Turismo)

A secretária de turismo de Pirenópolis, Vanessa Leal, assumiu, na quinta-feira (02/05), a presidência da Associação Nacional dos Secretários e Dirigentes Municipais de Turismo (Anseditur). Já o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, comanda o Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur).

Vanessa Leal estava na vice-presidência da instituição e foi empossada no lugar da ex-secretária de turismo de Recife (PE), Cacau de Paula. A diretoria foi eleita para o biênio 2021/2023. Na vice-presidência da Anseditur, assumiu a secretária de turismo de Curitiba (PR), Tatiana Turra. O colegiado representa os destinos turísticos brasileiros e tem a missão de fortalecer as relações dos municípios com os governos estaduais e federal.

Para Vanessa, que é turismóloga, comandar a associação nacional será um desafio. “Aceito com muita honra e dedicação. Não poderia deixar de mencionar minha gratidão ao prefeito Nivaldo Melo e à Prefeitura de Pirenópolis pela confiança e por me apoiar”, afirmou. A cidade histórica de Pirenópolis, distante 130 quilômetros de Goiânia, é um dos principais destinos turísticos de Goiás.

Fornatur

O Fornatur é responsável por deliberar sobre os temas importantes do Turismo brasileiro, incorporando as demandas estaduais, regionais e nacionais. O colegiado atua como órgão de assessoramento ao Ministério do Turismo, na preparação e na implementação do Plano Nacional de Turismo e na discussão dos principais programas e projetos do setor. Fabrício Amaral foi eleito, por unanimidade, e assumiu em dezembro do ano passado, e deve permanecer no cargo até 2023.

Para Fabrício Amaral, liderar as duas instituições é de grande importância para Goiás. Segundo ele, as principais pautas de políticas públicas do setor passam pelas duas instituições, como a cadeira no Conselho Nacional de Turismo, aprovação de fundos de crédito, direcionamento da aviação civil, regionalização, entre outros. “Goiás, com muita competência e de forma inédita, tem a oportunidade de dar o tom das políticas nacionais no turismo brasileiro”, completou.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Publicações em Alta

Decreto formaliza o novo Coíndice

Com 23.270 novos CNPJs, Goiás bate recorde em abertura de empresas de janeiro a agosto de 2021, melhor resultado dos últimos cinco anos

Cavalhadas em Pirenópolis serão realizadas em junho

Aprendiz do Futuro contrata cinco mil jovens em todo o Estado