No Banner to display

segunda-feira, 20 de maio de 2024

segunda-feira, 20 de maio de 2024

No Banner to display

Passe Livre do Trabalhador é finalista em premiação nacional

O Programa Passe Livre do Trabalhador, do Governo de Goiás, é o único selecionado na região Centro-Oeste como finalista do Prêmio Nacional de Mobilidade Urbana, na categoria “Iniciativas Públicas que Inovam e Transformam”.

Programa do governo de Goiás é o único classificado da região Centro-Oeste entre os 30 finalistas do Prêmio Nacional de Mobilidade Urbana (Foto: Secom-GO)

A primeira edição da premiação, que ocorrerá durante a conferência do Parque da Mobilidade Urbana, em São Paulo, será no dia 23 de junho, às 17 horas.

Ao todo, 227 iniciativas públicas e privadas foram inscritas, sendo 30 delas selecionadas para a final. Dividem a categoria com Goiás ideias implementadas no interior de São Paulo (Sorocaba e Campinas) e em Fortaleza.

“Ter um programa de ampliação de viagens aos trabalhadores usuários do sistema sendo reconhecido nacionalmente é a confirmação de que estamos no caminho certo ao implementarmos novas modalidades de bilhetagens mais flexíveis e econômicas ao cidadão”, avalia o secretário-geral de Governo e presidente da Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC), Adriano da Rocha Lima.

PREMIAÇÃO

No próximo dia 27 os ganhadores serão revelados durante a conferência do Parque da Mobilidade Urbana. Cada uma das seis categorias terá um vencedor e duas menções honrosas.

O objetivo da premiação é reconhecer as iniciativas que apresentam maior capacidade de inovação e soluções de mobilidade para as cidades brasileiras, servindo de exemplo aos demais municípios brasileiros.

PASSE LIVRE DO TRABALHADOR

Lançado em maio de 2022 – em pleno mês do trabalhador – o Passe Livre do Trabalhador concedeu até oito viagens diárias ao mês, incluindo finais de semana e feriados, ampliando em seis viagens as duas que eram comumente oferecidas pelo empregador aos seus funcionários.

Mesmo com o acréscimo diário de seis passagens, o valor final ao empregador foi 20% menor ao pago atualmente pelas duas passagens, graças ao subsídio oferecido pelo Governo do Estado em parceria com os municípios de Goiânia, Aparecida de Goiânia e Senador Canedo.

O último levantamento feito pela Câmara Metropolitana de Transporte Coletivo (CMTC) mostrou que nos três primeiros meses de 2023 foram realizadas mais de 500 mil viagens por esse meio de bilhetagem ao mês, somando 1,75 milhões de ativações de janeiro a março de 2023, pelo Passe Livre do Trabalhador.

“O Passe Livre do Trabalhador é um case de sucesso que mostra como o poder público pode ampliar ainda mais os estímulos para a democratização do transporte coletivo, de forma acessível e mais vantajosa do que o transporte individualizado. Esse é o passo inicial para transformar o transporte da região metropolitana de Goiânia no primeiro Sistema MaaS (Mobilidade como serviço) da América Latina”, avalia o subsecretário de Políticas para Cidades e Transporte, Miguel Ângelo Pricinote.

 

Publicações em Alta

PIB de Goiás cresce 4,4% em 2023 e fica acima da média nacional

Polícia Civil prende autor de homicídio e dupla tentativa de homicídio em Caldas Novas

Vereador Everton Jamal leva projeto “Gabinete Itinerante” aos bairros de Caldas Novas

Equatorial Goiás troca 200 chuveiros em Morrinhos