No Banner to display

sexta-feira, 22 de outubro de 2021

sexta-feira, 22 de outubro de 2021

Operação Narcos Brasil: PCGO apreende 800 kg de maconha e 28 kg de cocaína em Senador Canedo

Apreensão trouxe prejuízo milionário ao tráfico de drogas. Diligências resultaram ainda na apreensão de uma arma de fogo e diversas munições.

A Polícia Civil de Goiás apreendeu, na última sexta-feira (18/06), 28 quilos de cocaína e 800 quilos de maconha, em Senador Canedo, região metropolitana da capital. Os ilícitos foram encontrados em uma residência do município, após investigação do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Aparecida de Goiânia. A apreensão trouxe prejuízo estimado em R$ 1.300.000,00 ao tráfico de drogas.

De acordo com o delegado Álvares Lins, a apuração teve início no dia 14 deste mês, depois que os policiais receberam informações sobre um grande carregamento de entorpecentes, que havia chegado à cidade. “Depois que os agentes identificaram o veículo que frequentava o imóvel, eles passaram a monitorar e descobriram que esse mesmo veículo havia sido apreendido no mês passado, na cidade de Uberaba, Minas Gerais, transportando a quantia de R$ 70 mil, que ficou apreendido”, informou.

Após o levantamento de dados, as equipes realizaram diligências na casa, localizada no Setor São Francisco. As drogas estavam escondidas dentro dos quartos do imóvel. Além dos ilícitos, também foram apreendidos durante a ação policial um revólver calibre 38, marca Taurus, 31 munições calibre 38, um caderno com anotações do tráfico, um notebook, uma balança de precisão e o veículo, que era usado para o transporte de entorpecentes.

Ainda segundo o delegado, o local era utilizado exclusivamente como depósito para os ilícitos. A suspeita é de que as drogas possam pertencer a uma organização criminosa. “Acreditamos que esse imóvel era alugado e usado como um ponto de armazenamento, para posterior distribuição nas cidades da região metropolitana, possivelmente para Goiânia e Aparecida”, explicou.

Todos os itens apreendidos foram levados ao Genarc de Aparecida de Goiânia. A investigação continua para a identificação dos suspeitos envolvidos. “No momento em que os nossos policiais invadiram o imóvel, ninguém foi preso no local. Mas o locatário já foi identificado e qualificado. Nós estamos em diligências para tentar localizá-lo e efetuar sua prisão. Se não for o caso, vai ser representado pela prisão preventiva dele”, concluiu.

Secretaria de Estado da Segurança Pública – Governo de Goiás

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Publicações em Alta

PM realiza 37 prisões em flagrante no Estado

Goiás Turismo leva destinos goianos à Abav Expo, apostando na retomada segura

GoiásFomento lidera número de operações com garantia do Fampe entre agências de fomento e bancos de desenvolvimento

Com público, Estádio Olímpico recebe Goiânia e Goiatuba