No Banner to display

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

Operação Delegado Fake cumpre mandados em Goiânia

A Polícia Civil de Goiás, por meio de equipes do 15° DP e 1ª DRP de Goiânia, deflagrou, na manhã desta quarta-feira (3), a Operação Delegado Fake, em desfavor de organização criminosa investigada por crimes de estelionato e extorsão.

Após a vítima receber e interagir mediante bate-papo ou troca de imagens nas redes sociais, os criminosos faziam contato se passando por delegado de polícia e alegando estar investigando um caso de pedofilia. O líder da organização criminosa é reeducando do sistema prisional

A Polícia Civil de Goiás, por meio de equipes do 15° DP e 1ª DRP de Goiânia, deflagrou, na manhã desta quarta-feira (3), a Operação Delegado Fake, em desfavor de organização criminosa investigada por crimes de estelionato e extorsão. Na oportunidade, foram cumpridos quatro mandados de prisão temporária e quatro mandados de busca e apreensão, além do sequestro de bens dos investigados.

De acordo com as investigações, coordenadas pela delegada Renata Vieira, o grupo criminoso agia primeiramente se aproximando de suas potenciais vítimas mediante troca de mensagens por aplicativos de redes sociais, fazendo passar por jovens mulheres e enviando fotos íntimas.

Após a vítima receber e interagir mediante bate-papo ou troca de imagens nas redes sociais, os criminosos faziam contato se passando por delegado de polícia e alegando estar investigando um caso de pedofilia. “Eles falavam pra vítima que ela estava sendo investigada por tal crime”, conta a delegada.

Durante a conversa, o falso delegado afirmava que possuía mandado de prisão contra a vítima e pedia grandes quantias em dinheiro para não dar seguimento e não divulgar seu nome na imprensa como pedófilo. A organização criminosa fez diversas vítimas no interior do Pará e outros estados.

O líder da organização criminosa é reeducando do sistema prisional, já tendo sido preso pelos crimes de roubo e homicídio, e foi colocado em liberdade recentemente mediante utilização de tornozeleira eletrônica. Auxiliaram nas diligências equipes do 16° DP, DPCA, DEPAI, 20° DP, 4° DP, GT3 e GOI/CMIT.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Publicações em Alta

Goiana disputa vaga para as Olimpíadas Internacionais de Química

Jogos Abertos classificam mais equipes para fase regional

Saúde faz acolhimento de novos profissionais do Programa Mais Médicos

Prefeitura de Caldas Novas não realizará eventos de fim de ano