No Banner to display

quarta-feira, 18 de maio de 2022

quarta-feira, 18 de maio de 2022

Ofertadas mais de 7 mil vagas para cursos gratuitos de qualificação profissional

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), recebeu R$ 4,6 milhões do governo federal para investir em cursos de qualificação profissional.

(Foto: página do Pronatec na Internet)

O aporte é proveniente de duas linhas de fomento, oferecidas por meio de parceria firmada entre os ministérios da Educação (MEC) e do Trabalho e Previdência. Com a liberação da verba, será possível abrir 7.475 vagas para a população, de forma gratuita, em 16 municípios goianos, a partir do segundo semestre.

“Atuamos em várias frentes para fomentar a inovação e o desenvolvimento no Estado. Os cursos de qualificação profissional têm papel importante, pois, diante da análise da movimentação do mercado de trabalho, das vocações produtivas e demandas apresentadas por cada região, podemos fazer a conexão exata entre as necessidades do empregador e do empregado”, destaca o titular da Sedi, Marcio Cesar Pereira.

A assessora de Educação e Tecnologia da secretaria, Ludmilla Alves Danas Gonçalves, explica o perfil de cada linha de fomento. A Qualifica Mais Emprega Mais abarca cursos de diferentes eixos tecnológicos e leva em conta a vocação produtiva de cada região. “Temos o de operador de processamento de grãos e cereais, que está em alta; o de operador de empilhadeiras é muito necessário para o setor produtivo de Aparecida; o de máquinas de costura é demandado pela Região da 44, em Goiânia, e por Trindade”, exemplifica Ludmilla.

Já a linha de fomento Qualifica Mais Progredir oferta um curso único, o de microempreendedor individual (MEI), de 160 horas, e é destinado para pessoas com 18 anos ou mais e que sejam beneficiárias de algum tipo de transferência de renda – federal, estadual ou municipal. Ele será oferecido em Goiânia e Águas Lindas de Goiás. “Os setores de serviços e de profissionais liberais, nesses municípios, tiveram um grande salto na pandemia. Por isso, a escolha”, informa a assessora de Educação e Tecnologia da Sedi.

Ludmilla ainda ressalta que a oferta de mais de sete mil vagas para cursos de qualificação contribui para a “profissionalização do Estado, crescimento do setor produtivo e também para abastecer áreas específicas cuja procura de trabalho aumentou, como o setor administrativo, área meio”.

Os editais com a abertura de vagas estão em elaboração pela Sedi e devem ser publicados em maio.

Confira municípios beneficiados:

Qualifica Mais Emprega Mais

Diversos cursos de qualificação profissional, de diferentes eixos tecnológicos.

Requisitos de acesso em conformidade com cada curso.

Total de vagas: 6.475

2º semestre de 2022

Fomento: R$ 3.011.000,00

Águas Lindas de Goiás, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Catalão, Crixás, Goiânia, Cidade de Goiás, Itaguaru, Itumbiara, Jataí, Luziânia, Nova Crixás, Porangatu, Rio Verde, Santo Antônio do Descoberto e Valparaíso de Goiás.

Qualifica Mais Progredir

Curso único de qualificação profissional: microempreendedor individual (MEI).

Para alunos de 18 anos, beneficiários de transferência de renda.

Total de vagas: 1.000 (500 vagas para Goiânia e 500 vagas para Águas Lindas de Goiás)

2º semestre de 2022

Fomento: R$ 1.600.000,00

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Publicações em Alta

Prefeitura de Rio Quente envia projeto à Câmara com reajuste de 20,64% no salário dos servidores

Governo de Goiás inicia campanha para oferecer R$ 46,7 milhões em linhas de crédito para empresários do setor de turismo

O Boticário celebra Dia dos Namorados com kits personalizados com estampas exclusivas

Governador Ronaldo Caiado e primeira-dama, Gracinha Caiado, lançam Goiás Social, programa de ajuda a famílias em situação de vulnerabilidade em todas regiões do Estado