No Banner to display

domingo, 25 de julho de 2021

domingo, 25 de julho de 2021

Instituído Comitê de Gestão da Agropecuária de Baixo Carbono e Sustentável

O Comitê Estadual de Gestão da Agropecuária de Baixo Carbono e Sustentável de Goiás (ABCS), a ser coordenado pela Seapa, será responsável pelo desenvolvimento do Plano em Goiás.

Com a publicação do decreto, Tiago Mendonça orienta, ainda, que a Seapa estará autorizada, na forma da lei, a realizar as licitações e firmar os convênios, os acordos, os ajustes e os contratos que se fizerem necessários para a execução das ações estabelecidas

O Governo de Goiás publicou, na edição desta quarta-feira (23/06) do Suplemento do Diário Oficial do Estado, o Decreto nº 9.891, de 22 de junho de 2021, que institui o Comitê Estadual de Gestão da Agropecuária de Baixo Carbono e Sustentável de Goiás (ABCS), dentro do Plano Estadual de Mitigação/Adaptação às Mudanças Climáticas e Sustentabilidade na Agropecuária.

A proposta é consolidar no Estado uma economia de baixa emissão de carbono, atendendo ao tripé da sustentabilidade – ambiental, econômico e social -, e possibilitando, assim, a ampliação e o fortalecimento de práticas sustentáveis no setor agropecuário. A unidade central de gestão do Plano, em Goiás, é a Superintendência de Produção Rural Sustentável da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).

O Comitê Estadual de Gestão da Agropecuária de Baixo Carbono e Sustentável de Goiás (ABCS), a ser coordenado pela Seapa, será responsável pelo desenvolvimento do Plano em Goiás. O secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tiago Mendonça, explica que a Secretaria vai estabelecer as metas e os programas executivos para a realização dos projetos estruturantes, assim como as ações e as atividades necessárias para difusão e aplicação das decisões tomadas pelo ABCS.

“O foco será um trabalho integrado, sob a coordenação da Secretaria, que possa trazer resultados positivos para o setor agropecuário e toda a sociedade. O Comitê tem um papel fundamental de articulação, promovendo discussões junto à sociedade de temas ligados às políticas públicas ambientalmente sustentáveis para o Estado de Goiás”, afirma.

Com a publicação do decreto, Tiago Mendonça orienta, ainda, que a Seapa estará autorizada, na forma da lei, a realizar as licitações e firmar os convênios, os acordos, os ajustes e os contratos que se fizerem necessários para a execução das ações estabelecidas pelo ABCS.

O Comitê é composto por representantes da Seapa e também da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad); Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa); Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater); Superintendência Federal de Agricultura e, Goiás (SFA/Mapa); Superintendência Estadual do Banco do Brasil em Goiás; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Arroz e Feijão); Universidade Federal de Goiás (UFG); Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg); Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Goiás); Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Goiás); Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg); e Grupo Associado de Agricultura Sustentável e Rede Integração, Lavoura, Pecuária e Floresta.

Plano

Entre os objetivos previstos no Plano Estadual de Mitigação/Adaptação às Mudanças Climáticas e Sustentabilidade na Agropecuária estão a redução da emissão e aumento do sequestro e fixação de gases de efeito estufa na agropecuária estadual e a promoção e o incentivo do uso de tecnologias sustentáveis e inovações na agropecuária para contribuir com a preservação do meio ambiente nativo, com o pagamento por serviços ambientais e com a melhoria do microclima, do macroclima, do solo e dos recursos hídricos.

Para que isso ocorra, buscou-se integrar diferentes escopos que tangem a sustentabilidade na produção agropecuária, como as políticas sobre bioinsumos, bioeconomia, gestão integrada de paisagens do bioma Cerrado e a Política Nacional de Pagamento por Serviços Ambientais, e tecnologias de recuperação de área nativas degradadas, uso de recursos ambientais e hídricos, assim como sistemas agroecológicos, sistemas orgânicos e hidropônicos, concessão florestal e manejo extrativista sustentável no Estado de Goiás, além do foco principal, o Plano ABC+.

Comunicação Setorial da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) – Governo de Goiás

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Últimas notícias

Na cidade de Goiás, Caiado entrega revitalização do Palácio da Instrução e destaca resgate histórico

Governador Ronaldo Caiado inaugura nova sede da Emater, em Goiânia

Governo segue pagando diferenças salariais da Educação devidas desde os anos 1990

Na cidade de Goiás, Caiado faz vistorias e participa de evento da Educação sobre volta às aulas