No Banner to display

quarta-feira, 18 de maio de 2022

quarta-feira, 18 de maio de 2022

Indústria goiana apresenta o quarto maior crescimento do País

A indústria goiana apresentou o quarto maior crescimento do país em janeiro. Na comparação com o mesmo mês de 2021, o setor alavancou 2,1%.

O governador Ronaldo Caiado durante visita a montadora de automóveis: “Com serenidade e transparência, recuperamos a credibilidade de Goiás e vamos continuar trabalhando pelo bem de nossa gente”

A fabricação de veículos automotores, reboques e carrocerias avançou 258,2% em Goiás, sendo a atividade que mais influenciou a alta do setor.

No período, apenas quatro dos 15 estados avaliados apresentaram resultados positivos: Mato Grosso (43%), Espírito Santo (5,4%), Rio de Janeiro (2,8%) e Goiás (2,1%). A média nacional fechou com retração de 7,2%.

As indústrias extrativista, de transformação, de produtos químicos e de produção de alimentos também se destacaram com crescimento das atividades no Estado. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Para o governador Ronaldo Caiado, não há dúvidas de que Goiás está no caminho certo ao valorizar o setor produtivo, o que se reflete em geração de empregos, renda e qualidade de vida para a população. “Com serenidade e transparência, recuperamos a credibilidade de Goiás e vamos continuar trabalhando pelo bem de nossa gente”, ressaltou.

O titular da Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços, Joel Sant’Anna, apontou que o Governo de Goiás vem desenvolvendo ações estratégicas para dar amparo ao setor produtivo goiano e agora está colhendo os frutos com indicadores de crescimento socioeconômico.

“Facilitamos o acesso aos incentivos fiscais por meio do ProGoiás, pulverizamos os recursos do FCO, qualificamos a infraestrutura dos polos agroindustriais de todo o Estado e ainda atuamos diariamente no atendimento de demandas do empresariado. Como resultado, nossa indústria é destaque nacional, o comércio e os serviços seguem crescendo e a geração de empregos é a melhor do Centro-Oeste”, comemora o secretário.

Ainda de acordo com Joel Sant’Anna, o ano de 2022 consolidará em definitivo o fim da pandemia pela Covid-19 e a retomada efetiva da economia goiana e brasileira. “Agora é a hora de retomarmos, de ampliar os empregos, de expandir a atração de investimentos e de alavancar os pequenos negócios, que são efetivamente aqueles que criam as novas vagas”, destacou.

Outros setores
O setor de serviços goiano foi o que mais cresceu em todo o país em janeiro. A alta foi de 4,5% na comparação com o mesmo mês de 2021. O aumento do volume de vendas também garantiu um acréscimo de receita em 4,2%.

Já o comércio varejista ampliado, que inclui, além do varejo, as atividades de veículos, motos, peças e material de construção, cresceu 4,1%, também quando comparado com janeiro do ano passado. Com isso, os lucros do setor foram ampliados em 19,7%.

Foto: Secom-GO

Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços- SIC

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Publicações em Alta

Governo de Goiás inicia campanha para oferecer R$ 46,7 milhões em linhas de crédito para empresários do setor de turismo

Prefeitura de Rio Quente envia projeto à Câmara com reajuste de 20,64% no salário dos servidores

O Boticário celebra Dia dos Namorados com kits personalizados com estampas exclusivas

Governador Ronaldo Caiado e primeira-dama, Gracinha Caiado, lançam Goiás Social, programa de ajuda a famílias em situação de vulnerabilidade em todas regiões do Estado