No Banner to display

segunda-feira, 17 de junho de 2024

segunda-feira, 17 de junho de 2024

No Banner to display

Homem é preso por furto qualificado mediante fraude e associação criminosa

O homem preso em Goiânia possui diversas anotações criminais pelo crime de estelionato e falsificação de documentos

Foto: Reprodução

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos, cumpriu, nesta quinta-feira (18), em Goiânia, mandado de prisão temporária de um autor vinculados aos crimes de furto qualificado mediante fraude e associação criminosa, nos termos do art. 155, § 4, II c/c art. 288, Código Penal. A ação se deu em apoio à Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos da Polícia Civil do Distrito Federal.

A Operação Digito 8, nome que faz referência à espécie de guia utilizada pelos criminosos para subtrair dinheiro de uma grande instituição financeira, desarticulou um esquema de fraudes em pagamentos de guias de arrecadação via QR Code PIX, explorando uma vulnerabilidade do sistema bancário.

A atividade criminosa teve início em 7 de janeiro de 2023 e se estendeu até 31 de janeiro do mesmo ano. Durante esse período, investigados inseriram códigos de barras de guias válidas, mas adulteraram o QR Code PIX para valores significativamente menores, causando um prejuízo de R$ 21 milhões.

O homem preso em Goiânia possui diversas anotações criminais pelo crime de estelionato e falsificação de documentos.

Fonte: Polícia Civil

Publicações em Alta

Polícia Civil prende autor de homicídio e dupla tentativa de homicídio em Caldas Novas

UEG conquista medalhas nos JUGs 2023

Equatorial Goiás troca 200 chuveiros em Morrinhos

Governo vai ampliar o Bolsa Estudo