No Banner to display

domingo, 25 de julho de 2021

domingo, 25 de julho de 2021

Gracinha Caiado distribui cestas básicas e outros benefícios, em Aparecida de Goiânia

Com o compromisso de levar dignidade e qualidade de vida às pessoas em vulnerabilidade social, o Governo de Goiás encerrou, nesta terça-feira (29/6), a distribuição de cestas básicas na Região Metropolitana de Goiânia.

Dona de casa Aldenora dos Santos Silva, 52 anos, ao lado das noras e netos, logo após receber benefícios do Governo de Goiás, por meio da OVG (Foto: Aline Cabral)

Com o compromisso de levar dignidade e qualidade de vida às pessoas em vulnerabilidade social, o Governo de Goiás encerrou, nesta terça-feira (29/6), a distribuição de cestas básicas na Região Metropolitana de Goiânia. Liderada pela presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado, a ação foi realizada em Aparecida de Goiânia, com o apoio da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

No total, foram entregues 3.823 mil benefícios, entre cestas básicas, cobertores, cadeiras de rodas, andadores e muletas, além de enxovais para bebês, fraldas descartáveis, brinquedos, leites especiais e colchões caixa de ovo. Participaram da entrega de donativos a diretora-geral da OVG, Adryanna Melo Caiado, o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Wellington Matos, e o presidente da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), Pedro Leonardo Rezende.

Pensada para combater a vulnerabilidade social em todo o Estado, a distribuição faz parte da terceira etapa da Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus, que teve início no dia 20 de maio. De lá para cá, segundo Gracinha Caiado, quase 190 mil cestas básicas foram entregues nos 246 municípios de Goiás, além de diversos outros benefícios sociais. Agora, a campanha se concentra no repasse dos alimentos a entidades sociais cadastradas na OVG.

“Tenho um orgulho imenso em dizer que o povo goiano nunca viu nada parecido com o que o realizamos agora. O governador Ronaldo Caiado disse que não queria ver nenhuma família com fome, especialmente nessa pandemia, e ele honra esse compromisso de uma forma admirável”, afirma Gracinha.

De acordo com a coordenadora do GPS, desde março do ano passado, mais de 700 mil cestas já foram doadas e, até novembro de 2021, essa marca chegará a 1 milhão. “Aqui em Aparecida de Goiânia, nossa ação trouxe quase 4 mil benefícios, por meio da solidariedade e compromisso em fazer o bem. Eu digo e repito: de família em família, não descansaremos até garantir comida na mesa de todos os goianos. Só hoje [29/6], foram 800 cestas básicas”, comenta a presidente de honra da OVG.

Surpreendida pela visita de Gracinha Caiado, Aldenora dos Santos Silva, 52 anos, disse que mora com outras 10 pessoas na mesma casa, seis delas crianças, e que nunca imaginou que um dia teria a presença de uma primeira-dama em casa. Mais do que isso, ela conta que teve as esperanças renovadas com a ação do Governo de Goiás.

“Imagine eu, uma pessoa tão simples, receber uma visita dessas. Pode até parecer uma coisa sem sentido, mas receber essa atenção e essa ajuda das mãos de dona Gracinha me fortaleceram, de verdade. Há muito tempo nós estávamos desamparados pela política”, afirma dona Aldenora. “Hoje me senti importante, porque ela me olhou nos olhos e me ouviu. Isso me enche de alegria”, acrescenta.

Para a diretora-geral da OVG, Adryanna Melo Caiado, saber que o trabalho tem surtido efeito é recompensador. “As histórias da maior parte das famílias visitadas pela nossa equipe são carregadas de dificuldades. É de doer o coração ouvir mães dizerem que não têm sequer o arroz puro para oferecer aos filhos”, destaca. “Não são apenas donativos que nós levamos, como bem disse a dona Aldenora, essa missão leva a esperança de dia melhores a quem mais precisa”, pontua Adryanna.

Investimentos

Desde o início da pandemia, mais de R$ 70 milhões foram investidos pelo Governo de Goiás para garantir a segurança alimentar das famílias goianas. Desses, R$ 49 milhões subsidiaram a compra de 750 mil cestas básicas e R$ 28 milhões foram repassados diretamente aos municípios para investimentos na área de assistência social.

O governo estadual já chegou a todos os 246 municípios goianos na terceira etapa da Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus, fase para a qual foram compradas 250 mil cestas básicas. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Social, Wellington Matos, esse número representa a preocupação da administração pública com o bem-estar da população.

“Vivenciamos um momento ímpar em Goiás, com um governo que cuida da população vulnerável com muita atenção. Desde o início da pandemia, no ano passado, a segurança alimentar tem sido uma prioridade e esses números demonstram isso. A ação de hoje com famílias de Aparecida de Goiânia mostra esse zelo e esse cuidado que o governador Ronaldo Caiado tem com cada um dos goianos”, enfatiza Matos.

Com a conclusão da entrega das cestas às prefeituras de todos os municípios, quilombos, assentamentos e acampamentos rurais, tribos indígenas e bairros vulneráveis da capital e da região metropolitana, a campanha agora focará no atendimento às entidades sociais. O investimento do Estado, até o início de julho, será de 750 mil cestas básicas repassadas aos municípios goianos, 456 mil frascos de álcool 70% e mais de um milhão de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), como máscaras, capotes e protetores faciais.

Confira a galeria de fotos!

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Últimas notícias

Na cidade de Goiás, Caiado entrega revitalização do Palácio da Instrução e destaca resgate histórico

Governador Ronaldo Caiado inaugura nova sede da Emater, em Goiânia

Governo segue pagando diferenças salariais da Educação devidas desde os anos 1990

Na cidade de Goiás, Caiado faz vistorias e participa de evento da Educação sobre volta às aulas