quinta-feira, 30 de junho de 2022

quinta-feira, 30 de junho de 2022

Governo entrega cartões do Aluguel Social em quatro municípios

Os atendimentos serão feitos em horários diversos, sempre com representantes da Agehab comandando as solenidades de abertura dos trabalhos.

Famílias em atendimento: quatro cidades recebem eventos de entrega de cartões nesta quarta-feira (Foto: Octacílio Queiroz)

A Agência Goiana de Habitação (Agehab) realiza, nesta quarta-feira (15), diferentes eventos de entregas de cartões do programa Pra Ter Onde Morar – Aluguel Social, simultaneamente em quatro municípios: Goiás, Anápolis, Formoso e Colinas do Sul. Os atendimentos serão feitos em horários diversos, sempre com representantes da Agehab comandando as solenidades de abertura dos trabalhos.

Na cidade de Goiás, na Região Central do Estado, o evento será realizado na Quadra de Esportes da Antiga OEC. Em Formoso – na Região Norte, os atendimentos são no espaço Formoso Leilões. Em Anápolis, também no Centro Goiano, o trabalho é no Ginásio Municipal Carlos de Pina. Por fim, em Colinas do Sul (outra representante da Região Norte), haverá encontro da população com equipe da Agehab na Casa Verde, às 17 horas.

Aluguel Social
O programa Aluguel Social abrange todo o Estado e tem concentrado sua primeira fase nos grandes centros urbanos e entornos porque é onde, justamente, o déficit habitacional está mais acentuado. Isso não quer dizer que pequenos munícipios, com os da Região Norte, não estejam sendo também contemplados. “O benefício é focado em pessoas que estão em situação de superendividamento e se enquadram no perfil socioeconômico do Cadastro Único Nacional, o CadÚnico”, explica o presidente da Agehab, Pedro Sales.

O programa opera com recursos provenientes do Fundo de Proteção Social do Estado de Goiás (Protege), coordenado pelo Gabinete de Políticas Sociais (GPS) da Governadoria, dentro do leque Goiás Social. O Aluguel Social segue em expansão e atende, neste momento, 53 municípios goianos, em diferentes fases de implantação. A meta do Governo de Goiás é atender 40 mil famílias na primeira etapa do programa.

Requisitos
Para ser elegível para o programa, é preciso se enquadrar em um dos requisitos: idoso, portador de deficiência, família só com pai ou mãe, moradia improvisada, renda comprometida com aluguel (50%) ou outras dívidas formais (75%), vítima de violência doméstica, nome negativado, ter pleiteado imóvel em programa habitacional da Agehab sem ter sido beneficiado ou receber outro benefício social estadual. Também podem participar bolsistas do Probem e estudantes da UEG.

Segundo o presidente Pedro Sales, o governo está dando condições para que as famílias possam arcar com o aluguel e, com isso, melhorar a vida financeira. “Temos relatos de pessoas que, com o auxílio, procuraram casas melhores para morar. Outros que, com o dinheiro que economizaram, estão melhorando a alimentação dos filhos. Há ainda aqueles que estão guardando o dinheiro ou se capacitando para melhorar a renda. É gratificante saber que estamos chegando nas famílias que realmente precisam.”

Agência Goiana de Habitação- Agehab

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Publicações em Alta

Decreto formaliza o novo Coíndice

Com 23.270 novos CNPJs, Goiás bate recorde em abertura de empresas de janeiro a agosto de 2021, melhor resultado dos últimos cinco anos

Cavalhadas em Pirenópolis serão realizadas em junho

Aprendiz do Futuro contrata cinco mil jovens em todo o Estado