No Banner to display

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

Governo é parceiro de laboratório que fomenta produção de energia fotovoltaica

O vice-governador Lincoln Tejota prestigiou o lançamento do Laboratório de Eficiência Energética Fotovoltaica da Universidade Evangélica de Goiás, nesta quinta-feira (28), em Anápolis.

Vice-governador Lincoln Tejota prestigiou o lançamento do Laboratório de Eficiência Energética Fotovoltaica da Universidade Evangélica de Goiás, nesta quinta (Foto: Vice-Governadoria)

O vice-governador Lincoln Tejota prestigiou o lançamento do Laboratório de Eficiência Energética Fotovoltaica da Universidade Evangélica de Goiás, nesta quinta-feira (28), em Anápolis. A iniciativa tem o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg), em parceria com o programa Goiás de Resultados, do qual Tejota é coordenador.

Entre os projetos trabalhados na unidade, está o estudo da viabilidade econômica e ambiental da implantação de microusinas fotovoltaicas no Nordeste goiano, contribuindo para atender à demanda energética da região, além de ser uma alternativa de renda à população. Esses municípios foram escolhidos a fim de alavancar seus indicadores econômicos e desenvolvimento humano.

Além disso, a parceria entre a instituição de ensino e o Governo de Goiás busca fomentar a produção de energia de fonte renovável, o que auxilia na preservação do meio ambiente e ainda diminui a dependência em relação a outros tipos de geração. “A matriz energética é hoje um problema grave, que precisamos enfrentar com estudo, boas parcerias e de forma séria. Precisamos promover meios mais sustentáveis de geração de energia e também reduzir a dependência do modelo hidrelétrico, que acaba sujeito à ocorrência de chuvas”, salientou o vice-governador.

O reitor da universidade, Carlos Hassel Mendes, agradeceu a parceria do governo estadual para a implantação do projeto. “Esse é um dia importante para todos nós. É um trabalho que vem sendo desenvolvido há algum tempo e vai ajudar a difundir esta tecnologia, com o auxílio dos nossos acadêmicos das áreas técnicas. A ideia é que possamos avançar e socializar esse tipo de geração de energia e levar isso a todos os cantos do nosso Estado”, explicou.

Valorização da ciência
Tejota destacou ainda a importância da ciência e a pesquisa nos avanços obtidos pela sociedade. “O que alcançamos hoje é fruto de muito estudo, de homens e mulheres que se dedicaram para promover o progresso e os instrumentos para melhorar e transformar a vida das pessoas. É por isso que iniciativas como essa têm o meu apoio e a colaboração da equipe do Goiás de Resultados”, afirmou.

“O que estiver ao meu alcance, como agente público, para solucionar problemas históricos que afligem a população, eu estou à disposição. Queremos deixar não um legado não de governo, mas políticas de Estado, que ultrapassam mandatos. E o Goiás de Resultados tem me ajudado a cumprir essa missão. Nós não trabalhamos com achismos, mas com base em dados para, de fato, fazer a diferença na vida dos goianos e atender aquilo que eles esperam de nós”, concluiu.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Publicações em Alta

Goiana disputa vaga para as Olimpíadas Internacionais de Química

Jogos Abertos classificam mais equipes para fase regional

Saúde faz acolhimento de novos profissionais do Programa Mais Médicos

Prefeitura de Caldas Novas não realizará eventos de fim de ano