No Banner to display

segunda-feira, 22 de abril de 2024

segunda-feira, 22 de abril de 2024

No Banner to display

Governo de Goiás entrega ampliação do serviço de hemodiálise da Policlínica de Posse, no Nordeste goiano

Número de cadeiras disponíveis aos pacientes aumenta 150%. Durante solenidade, Caiado também autoriza construção de cinco quadras poliesportivas cobertas em quatro municípios da região, com investimento de R$ 2,4 milhões

Em Posse, governador Ronaldo Caiado amplia serviço de hemodiálise de policlínica e autoriza construção de cinco quadras poliesportivas cobertas em escolas estaduais

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), entregou, nesta terça-feira (15/3), a ampliação do serviço de hemodiálise da Policlínica Estadual da Região Nordeste, em Posse, a 515 quilômetros de Goiânia. A estrutura do local passa a ter agora 20 cadeiras para pacientes, 12 a mais do que a quantidade existente no início dos atendimentos na unidade de saúde, em julho de 2021.

O novo espaço visa reforçar e ampliar a atenção a quem utiliza o Sistema Único de Saúde (SUS) e convive com quadro de insuficiência renal, seja em Goiás ou em trânsito pelo território goiano, além de atender doentes renais não agudizados, ofertando todos os tipos de tratamento dialítico: pré, hemodiálise, diálise peritoneal e tratamento conservador.

“A estrutura de governo é feita para melhorar a qualidade de vida. Este é o meu objetivo”, ressaltou o governador Ronaldo Caiado. “Municípios mais carentes do Nordeste goiano sempre foram usados como massa de manobra em campanhas eleitorais. O povo precisa ser respeitado, ter aquilo que o cidadão tem nas cidades mais desenvolvidas de Goiás”, completou o chefe do Executivo estadual.

Anteriormente, sete cadeiras estavam à disposição para o atendimento de pacientes com deficiência renal e outra servia como reserva, totalizando oito. Os serviços funcionavam de segunda-feira a sábado, em quatro turmas de tratamento, contabilizando, assim, 28 vagas para hemodiálise, além da cadeira reserva. Agora, seguindo os mesmos turnos, serão 18 espaços para tratamento e dois assentos reservas, possibilitando um aumento para até 72 atendimentos diários e 936 sessões mensais. A unidade poderá ofertar, ainda, 250 consultas por mês com equipe médica especializada e 150 consultas dentro do mesmo espaço de tempo com equipe multiprofissional.

Ações e cuidados especiais
A regulação na Policlínica de Posse para o serviço de hemodiálise ficará sob os cuidados do Sistema de Regulação Estadual/Sistema Servir. Pacientes que utilizarem a estrutura receberão alimentação balanceada para complementar o tratamento e contarão ainda com dois veículos disponíveis para transporte sanitário eletivo, buscando e deixando em casa.

“Este avanço em relação à hemodiálise vai nos dar a garantia de, nos próximos dez anos, suportar os pacientes. Pessoas que precisavam ir até Brasília, Barreiras, na Bahia, Palmas, no Tocantins, agora têm a oportunidade de fazer tratamento aqui”, explicou o secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino. “Tenho certeza que se não fosse o governador para colocar a mão em uma estrutura que estava abandonada, nada tinha saído do papel. A policlínica tem sido um marco no Nordeste goiano. Modificou a vida de quem necessita desse tratamento e de outros, como a parte ambulatorial e de exames de diagnóstico”, pontuou o prefeito de Posse e também médico, Doutor Hélder.

A entrega da ampliação da unidade integra uma série de ações em celebração ao Dia Mundial do Rim, comemorado anualmente na segunda quinta-feira de março. O Governo de Goiás lançará, ainda em 2022, o Protocolo Estadual de Atenção ao Doente Renal, iniciativa inédita que pretende mitigar a limitação ao tratamento hemolítico por questões como dificuldade de acesso, falta de oferta de outras terapias, de prevenção ou de identificação precoce da doença. A proposta é valorizar a assistência secundária, de forma regionalizada, e trazer as especialidades para perto da população.

Histórias
Paciente na Policlínica em Posse, Karla Maria comemorou seu 25° aniversário no último dia 14 de março e ouviu a comitiva do Estado cantar Parabéns a Você. Diabética e em tratamento de hemodiálise há pouco mais de um ano, ela, que é de Posse, chegou a morar em Brasília, pois só existia possibilidade de acompanhamento na capital federal. “Eu gastava muito em gasolina, tinha que alugar quarto, tinha muitas despesas. Agora, melhorou bastante mesmo”, contou.

Para o morador de Alvorada do Norte João Evangelista, de 74 anos, na hemodiálise há nove meses, três vezes por semana e quatro horas por dia, a distância reduzida para receber o tratamento é o fator principal. “Quando saiu a vaga na policlínica aqui, logo vim. Melhorou muito”, salientou ele.

Educação
Durante a solenidade, o governador Ronaldo Caiado ainda determinou o início das obras de construção de quadras poliesportivas cobertas em cinco unidades educacionais geridas pelo Estado em quatro municípios do Nordeste goiano: Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) João Honorato (São Domingos); Colégio Estadual João Regis Valente (São Domingos); Escola Estadual Valter Moreira dos Santos (Mambaí); Colégio Estadual Castelo Branco (Guarani de Goiás); e Colégio Estadual Fazenda Grotão (Sítio D’Abadia). O investimento do Executivo na estruturação dos espaços é de R$ 2,4 milhões.

Estiveram ao lado do governador, na Policlínica de Posse, o deputado federal Delegado Waldir; o ex-deputado federal Pedro Chaves e o estadual Paulo Trabalho; além de outras autoridades

Fotos: Hegon Corrêa
Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Publicações em Alta

PIB de Goiás cresce 4,4% em 2023 e fica acima da média nacional

Goiás libera vacina para toda a população no ‘Dia D’ contra influenza

Polícia Civil prende autor de homicídio e dupla tentativa de homicídio em Caldas Novas

Equatorial Goiás troca 200 chuveiros em Morrinhos