No Banner to display

domingo, 17 de outubro de 2021

domingo, 17 de outubro de 2021

Governador Ronaldo Caiado inicia entrega de 250 mil cestas básicas, em Goiânia, e cumpre agenda em Mara Rosa, nesta sexta-feira (17/09)

Agenda do Governador tem início as 9h, na capital, com a distribuição de donativos às famílias em situação de vulnerabilidade impactadas pela pandemia de Covid-19.

Às 15h, no município do Norte goiano, participa do início das obras da Ferrovia de Integração Centro-Oeste (Fico) pelo governo federal, com participação prevista do presidente da República, Jair Bolsonaro, e do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas

O governador Ronaldo Caiado cumpre agendas em Goiânia e Mara Rosa, nesta sexta-feira (17/09). Às 9h, inicia a entrega de mais 250 mil cestas básicas no Estado. O evento ocorre na Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), na capital. Com o apoio das prefeituras, a previsão é que os alimentos sejam distribuídos até o mês de novembro às famílias em situação de vulnerabilidade impactadas pela pandemia de Covid-19.

Com a quarta etapa de distribuição de cestas básicas, iniciada nesta sexta-feira, Goiás alcançará 1 milhão de cestas entregues, desde o início da pandemia, a todos os 246 municípios, além de assentamentos rurais, acampamentos e comunidades quilombolas. Este é o maior número de donativos adquiridos com recursos próprios por um Estado brasileiro neste período.

O investimento feito pelo Governo de Goiás na segurança alimentar das famílias goianas é de aproximadamente R$ 90 milhões, desde março de 2020. Desses, mais de R$ 70 milhões foram para a compra de mais de 1 milhão de cestas básicas, sendo que R$ 28 milhões foram repassados diretamente aos municípios para investimento em Assistência Social.

Às 15h, em Mara Rosa, Caiado participa do lançamento das obras da Ferrovia de Integração Centro-Oeste (Fico), pelo Governo Federal. O presidente da República, Jair Bolsonaro, é esperado no evento, assim como o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. Os 383 quilômetros de trilhos da Fico ligarão o município do Norte goiano a Água Boa (MT) e interligam o Vale do Araguaia à Ferrovia Norte-Sul, favorecendo o escoamento da safra aos portos de Santos (SP), Itaqui (MA) e, no futuro, Ilhéus (BA).

Segundo o governo federal, serão destinados R$ 2,7 bilhões ao projeto. A construção da Fico foi possibilitada por investimento cruzado, utilizando a outorga da renovação antecipada de contrato com a Vale S/A pela Estrada de Ferro Vitória-Minas. Vale e Valec são parceiras na execução da obra, que deve gerar 4,6 mil empregos, entre diretos e indiretos.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Publicações em Alta

Expresso Balcão capacita servidores de 12 municípios

Polícia Penal registra aumento de apreensões de K4, conhecida como supermaconha

Caiado anuncia isenção da contribuição previdenciária de aposentados e pensionistas com salário de até R$ 3 mil e redução da cobrança para os que recebem acima desse valor

Operação integrada apreende 200 kg de cloridrato de cocaína