No Banner to display

quinta-feira, 25 de julho de 2024

quinta-feira, 25 de julho de 2024

No Banner to display

Governador participa do encerramento do circuito das Cavalhadas 2022 na cidade de Goiás

Com investimento de R$ 200 mil do Governo de Goiás, festividades voltam a ser realizadas na antiga Vila Boa após mais de 70 anos. Município integra circuito que será ampliado de 12 para 15 cidades no próximo em 2023.

Cavalhadas movimentam cidade de Goiás nesta quarta-feira, 12: batalhas entre mouros e cristãos são encenadas em estádio municipal

O governador Ronaldo Caiado participou, nesta quarta-feira (12/10), do segundo dia das Cavalhadas da cidade de Goiás, a 160 quilômetros de Goiânia. Acompanhado da primeira-dama Gracinha Caiado, ele cumprimentou os participantes e assistiu à encenação da batalha entre mouros e cristãos, no Estádio Helios de Loyola. O evento voltou ao calendário do município com apoio da administração estadual, por meio das Secretarias de Estado da Cultura, que destinou R$ 200 mil à organização, e da Retomada.

Em discurso, Caiado explicou o motivo de resgatar a tradição: “Eu falei para a minha assessoria que, se já temos 11 municípios com Cavalhadas, não seria justo que a primeira capital do Estado não resgatasse essa história também”. E assegurou que “enquanto for governador, vai ter Cavalhadas todo ano”. Para tornar a ideia possível, parte da equipe responsável pelas festividades em Pirenópolis auxiliou na montagem da estrutura e na preparação do evento na antiga Vila Boa.

O município foi o último a receber o circuito das Cavalhadas 2022, iniciado em junho. Com realização da Prefeitura de Goiás, as festividades começaram na terça-feira (11/10), com uma programação com missas, cavalgadas e shows. Antes, ocorreram apresentações em Corumbá, Jaraguá, Palmeiras de Goiás, São Francisco, Crixás, Santa Cruz de Goiás, Santa Terezinha, Hidrolina, Pilar de Goiás, Pirenópolis e Posse. Ao todo, os municípios receberam R$ 3,1 milhões em recursos estaduais para financiamento das festas.

Para o ano que vem, o secretário de Cultura, Marcelo Carneiro, confirmou a ampliação de 12 para 15 cidades participantes, com a entrada de Silvânia, Niquelândia e Luziânia no circuito. A expectativa é estimular ainda mais a participação popular. “A gente percebe o envolvimento da família, de filhos e de jovens que começam a entender sua história e a compreender a importância de se preservar a memória”, disse.

*Batalhas*
O cenário das Cavalhadas consiste em uma representação das batalhas entre cristãos e mouros na Península Ibérica ocorridas entre os séculos IX e XV. Dois exércitos, com 12 cavaleiros de cada lado, encenam uma luta coreografada e repleta de ornamentos. Na festa, também há a presença dos mascarados, que são personagens que representam o povo e saem às ruas, a pé ou a cavalo, promovendo algazarras.

Fotos: Lucas Diener

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Publicações em Alta

Polícia Civil prende autor de homicídio e dupla tentativa de homicídio em Caldas Novas

Equatorial Goiás troca 200 chuveiros em Morrinhos

Detran disponibiliza Disque-Guincho para remoção de veículos

Prefeitura de Caldas Novas espera receber 150 mil pessoas no Feriado de Tiradentes

No Banner to display