No Banner to display

quinta-feira, 25 de julho de 2024

quinta-feira, 25 de julho de 2024

No Banner to display

Goiás é premiado como Estado mais transparente do país pelo segundo ano seguido

Ranking que mensura desempenho dos entes federativos é publicado pelo Ministério da Fazenda desde 2020

Secretário Sérvulo Nogueira e equipe durante entrega do prêmio no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília

Pelo segundo ano consecutivo, Goiás recebeu nesta segunda-feira (17/6) o Prêmio Qualidade da Informação Contábil e Fiscal no Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (Siconfi). É a primeira vez que um Estado lidera o ranking por dois anos seguidos.

Com o melhor desempenho nacional, Goiás alcançou nota A e um total de 99,81% de pontuação. A premiação foi entregue ao secretário da Economia, Sérvulo Nogueira, e ao Contador Geral do Estado, Ricardo Borges, durante cerimônia realizada no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília. “Este prêmio é um reconhecimento ao trabalho eficiente da equipe de contadores da Secretaria da Economia e de toda a gestão estadual, refletindo nosso compromisso contínuo com a transparência e a qualidade das informações contábeis e fiscais”, pontuou o titular da pasta.

Concedido pela Secretaria do Tesouro Nacional, o Prêmio está em sua segunda edição e tem como objetivo valorizar a qualidade dos dados fiscais e contábeis dos entes da federação. Já o Ranking da Qualidade da Informação Contábil e Fiscal existe desde 2020. “O ranking é resultado de mais de uma centena de cruzamentos de consistência contábil. A premiação visa reconhecer e valorizar o profissional que está lá na ponta, desempenhando um bom trabalho, fortalecendo a fidedignidade das informações contábeis e elevando o patamar de transparência em benefício da sociedade”, pontuou o secretário do Tesouro Nacional, Rogério Ceron de Oliveira.

Superintendente Central de Contabilidade e Contador Geral do Estado, Ricardo Rezende relaciona a conquista à competência e dedicação do serviço de contabilidade do Governo e à parceria com todos os Poderes e órgãos autônomos. “Essa premiação é fruto de conjunto de ações feitas no Estado, destacando quatro pilares: pessoas qualificadas, processos aprimorados, com evolução do sistema contábil e integrações, além da confiança dos gestores e titulares dos Poderes”, reforçou.

Dois municípios goianos também foram premiados: Aparecida de Goiânia e Colinas do Sul. Eles foram contemplados na categoria de melhor Evolução Fiscal e Contábil por região, de acordo com o número de habitantes.

Além do secretário Sérvulo Nogueira, também estavam presentes pela secretaria da Economia: Renata Noleto, Secretária-Adjunta; Wederson Oliveira, subsecretário do Tesouro Estadual; Ricardo Borges, superintendente Central de Contabilidade; Edilene Menezes, supervisora da Central de Contabilidade; Kátia Rezende, gerente de Contas Públicas; e Valquíria Andrade, supervisora da Assessoria de Superintendência Contábil.

Ranking
O Tesouro Nacional iniciou a publicação do Ranking da Qualidade da Informação Contábil e Fiscal em 2020 para avaliar e classificar a precisão, integridade, qualidade e consistência das informações contábeis e fiscais enviadas pelos entes federativos para o Siconfi, servindo de estímulo à melhoria contínua da gestão da informação contábil. Goiás evoluiu da 19° colocação na primeira edição da Premiação e alcançou a liderança do ranking nos últimos dois anos.

Atualmente, mais de 170 verificações são levadas em conta na análise dos entes. A partir de 2023, o Ranking deu origem ao Prêmio Qualidade da Informação Contábil e Fiscal.

Foto: Denis Marlon e Junior Guimarães

Secretaria da Economia – Governo de Goiás

Publicações em Alta

Polícia Civil prende autor de homicídio e dupla tentativa de homicídio em Caldas Novas

Equatorial Goiás troca 200 chuveiros em Morrinhos

Detran disponibiliza Disque-Guincho para remoção de veículos

Prefeitura de Caldas Novas espera receber 150 mil pessoas no Feriado de Tiradentes

No Banner to display