No Banner to display

domingo, 25 de julho de 2021

domingo, 25 de julho de 2021

Fátima Gavioli destaca importância da vacina e do Sistema Único de Saúde (SUS), ao receber primeira dose de imunizante

Depois de ser vacinada, secretária da Educação afirmou que vacina é a única coisa realmente capaz de enfrentar vírus da Covid-19, e que todos os professores devem se vacinar, conforme a disponibilidade de imunizantes nos municípios

Logo após receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19, na manhã de sexta-feira (11/06), a secretária de Educação do Estado de Goiás, Fátima Gavioli, fez questão um apelo aos profissionais da Educação: “Nós todos precisamos ser vacinados. Caso já esteja liberado em seu município, faça o agendamento e não deixe de tomar a vacina”, frisou, dirigindo-se aos profissionais da Educação.
A secretária também ressaltou que a vacina é a única coisa realmente capaz de enfrentar o vírus da Covid-19. “Vacinar salva a sua vida e também a vida de todas as pessoas ao seu redor”, acrescentou.
Fátima Gavioli recebeu uma dose do imunizante fabricado pela Pfizer/BioNTecH.
A secretária fez o agendamento prévio pelo aplicativo Prefeitura 24 Horas e foi selecionada por atender os critérios de dois grupos distintos: idade e profissional da Educação. O atendimento foi feito no Centro de Saúde da Família (CSF), do Setor Leste Universitário.

Importância do SUS
Na oportunidade, Fátima Gavioli também ressaltou a importância do Sistema Único de Saúde (SUS) no enfrentamento da pandemia. “De uma hora para outra, o SUS precisou se expandir para dar uma resposta assistencial à população, e o Sistema fez isso de forma muito positiva, deixando claro o seu princípio de universalidade”, afirmou ela.
Por fim, a secretária de Educação salientou que tomar a vacina é o maior presente que uma pessoa pode dar a ela mesma e a todas as pessoas que a rodeiam. “Vacina, sim! Vacina salva! E viva o SUS!”, completou ela.

Vacinação de professores
Em Goiás, a vacinação dos professores começou na segunda quinzena do mês de maio, após diversas idas do governador Ronaldo Caiado a Brasília com o intuito de convencer o Ministério da Saúde (MS) sobre a necessidade de incluir os profissionais da Educação como grupo prioritário junto ao Plano Nacional de Imunização (PNI).
Com a autorização do MS, a previsão do Governo de Goiás é de que a reserva de 30% das vacinas para professores e pessoas com comorbidades deverá proporcionar ao Estado a imunização de toda a classe docente com a segunda dose até o final de julho.
Atualmente, a Seduc Goiás conta com 38.686 servidores atuantes na rede estadual de ensino, sendo que 26.508 ocupam a função de professor. Ao todo, deverão ser vacinadas 106 mil pessoas. A estratégia da imunização, segundo o secretário Ismael Alexandrino, priorizará os trabalhadores da Educação Infantil, depois os do Ensino Fundamental, seguidos pelos do Ensino Médio, Ensino Profissionalizante, Educação de Jovens e Adultos (EJA) e pelos do Ensino Superior.
Mais de 3 milhões de doses para Goiás
De acordo com dados da Secretaria de Saúde do Estado de Goiás (SES/GO), o Estado já recebeu 3.276.290 de doses, por meio da campanha nacional de imunização, iniciada em janeiro deste ano. Desse total, 1.720.850 são da Astrazeneca/Fiocruz; 1.358.880 da Coronavac/Butantan; e 196.560 da Pfizer/BioNTech.
O lote mais recente chegou na quinta-feira (10/06) e incluiu 119.750 doses da AstraZeneca. As vacinas serão utilizadas como primeira dose imunizante, sendo que 30% delas estão sendo destinadas à vacinação dos grupos prioritários, e o restante, à população em geral, em ordem decrescente de idade.

Secretaria de Educação do Estado de Goiás (Seduc) – Governo de Goiás

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Últimas notícias

Na cidade de Goiás, Caiado entrega revitalização do Palácio da Instrução e destaca resgate histórico

Governador Ronaldo Caiado inaugura nova sede da Emater, em Goiânia

Governo segue pagando diferenças salariais da Educação devidas desde os anos 1990

Na cidade de Goiás, Caiado faz vistorias e participa de evento da Educação sobre volta às aulas