sábado, 28 de maio de 2022

sábado, 28 de maio de 2022

Em outubro, agronegócio respondeu por 62,5% das exportações goianas

As vendas externas do agronegócio goiano totalizaram US$ 355,6 milhões em outubro de 2021.

A suspensão das compras de carne bovina pela China impactou os resultados. Mesmo assim, nas negociações de Goiás- de janeiro a outubro deste ano- o acumulado é de US$ 6,2 bilhões (2021) contra US$ 5,6 bilhões (2020) (Foto: Adobe Stock)

As vendas externas do agronegócio goiano totalizaram US$ 355,6 milhões em outubro de 2021. O valor (FOB) correspondeu a 62,5% do total das exportações do Estado, que somaram US$ 569,3 milhões no mês. Os números foram divulgados na última sexta-feira (5/11) pela plataforma Comex Stat do Ministério da Economia. Os cinco itens agropecuários mais comercializados por Goiás foram: complexo soja (US$ 135,1 milhões); carnes (US$ 117,4 milhões); complexo sucroalcooleiro (US$ 36,6 milhões); cereais, farinhas e preparações (US$ 20,7 milhões); e couros, produtos de couro e peleteria (US$ 16.9 milhões).

Como já esperado, a suspensão das compras de carne bovina por parte da China impactou os resultados. Mesmo assim, no acumulado de janeiro a outubro deste ano, os valores (FOB) obtidos por Goiás nas negociações de produtos do agro com outros países superaram os do mesmo período do ano passado: US$ 6,2 bilhões (2021) contra US$ 5,6 bilhões (2020). No que diz respeito à participação do agro em relação ao total das exportações do Estado, de janeiro a outubro de 2021, o setor respondeu por 78,6% das vendas externas de Goiás. Em 2020, no mesmo período, esta proporção foi de 80,0%.

“A redução das compras chinesas começou a ser sentida no mês de outubro e não pode ser desprezada. Mas vale destacar que o setor do agronegócio segue com saldo positivo em relação a 2020, o que é importante para a economia goiana neste momento de retomada”, afirma o titular da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Tiago Mendonça.

No décimo mês do ano, Goiás exportou US$ 75,1 milhões em carne bovina para 49 países. O Chile foi o principal comprador do produto, seguido por Estados Unidos, Egito, Hong Kong e Emirados Árabes. Apesar da redução nas aquisições de carne bovina, a China seguiu como maior parceiro comercial do Estado. Em outubro, o país asiático comprou US$ 53,0 milhões em produtos do agro goiano. Irã, Indonésia, Bangladesh e Chile também se destacaram entre os cinco maiores. A lista completa de compradores de produtos agropecuários goianos no mês tem 110 países.

Saiba mais
O Comex Stat é um sistema para consulta e extração de dados sobre o comércio exterior brasileiro. Gerenciada pelo Ministério da Economia, a plataforma dispõe de informações a partir de 1997 e é atualizada periodicamente.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Publicações em Alta

Caiado participa da abertura do 2º Congresso Brasileiro de Direito Religioso

Vacinação de Pessoas Acima de 60 Anos Deve Terminar Em Abril, Afirma Caiado

Governador Ronaldo Caiado inicia entrega de 250 mil cestas básicas, em Goiânia, e cumpre agenda em Mara Rosa, nesta sexta-feira (17/09)

Pela primeira vez, Emater recebe Assembleia Geral da Asbraer no Complexo de Inovação Rural