No Banner to display

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Em Ceres, Governo de Goiás entrega cartão alimentação a alunos da rede estadual

O Governo de Goiás entregou, nesta quinta-feira (10/6), o cartão alimentação para os estudantes da rede pública estadual que moram nas cidades de Ceres e Rialma.

Alunos da rede pública estadual que moram em Ceres e Rialma receberam cartão alimentação nesta quinta (9). Mais de 2.700 estudantes dos municípios estão sendo beneficiados (Foto: Seduc)

O Governo de Goiás entregou, nesta quinta-feira (10/6), o cartão alimentação para os estudantes da rede pública estadual que moram nas cidades de Ceres e Rialma. No evento, também foram entregues kits de material escolar e conjuntos de uniforme, compostos por duas camisetas, duas calças e um tênis.

Ao todo, mais de 2.700 alunos dos municípios vão receber o cartão alimentação nos próximos dias, nas unidades em que estão matriculados. Cada cartão possui o crédito de R$ 30 por aluno para a compra de itens alimentícios e irá substituir os kits de alimentação, que estavam sendo entregues mensalmente pelas escolas estaduais desde o segundo semestre do ano passado. Os conjuntos de uniforme e kits de material escolar serão entregues no retorno às aulas presenciais, previsto para agosto deste ano.

Investimentos na Educação de Ceres e Rialma

Para custear os uniformes, pares de tênis, materiais escolares e o cartão alimentação dos estudantes da rede estadual de Ceres e Rialma, o Governo de Goiás investiu, aproximadamente, R$ 510 mil. Outros R$ 2,5 milhões foram repassados às escolas estaduais dos municípios, desde o final do ano passado, para obras, reformas e compra de equipamentos.

Os benefícios entregues aos alunos e a verba repassada pelo Estado às escolas foram elogiados pela coordenadora regional de Educação de Ceres, Ivânia Maria: “Nunca tivemos um governador que se comprometesse tanto com a Educação”, afirmou a coordenadora.

O promotor de Justiça Marcos Rios também ressaltou o avanço nos investimentos para a Educação: “No meu tempo, muitos alunos iam para a escola descalços. Quem tinha condições, tinha caderno e lápis. Quem não tinha, ficava sem. E hoje, vemos aqui material de primeira qualidade e uniformes entregues aos alunos”, parabenizou o representante do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) no evento.

Dirigindo-se aos pais dos alunos, o superintendente de Segurança Escolar e Colégios Militares da Seduc, coronel Mauro Vilela, prometeu: “Quando as aulas presenciais voltarem, vocês vão ter muitas surpresas. Vão ver as escolas limpas, reformadas e equipadas e os estudantes uniformizados e de tênis”.

Cartão alimentação

O objetivo do cartão alimentação é dar mais autonomia às famílias na aquisição dos alimentos. Todos os alunos da rede pública estadual de ensino em Goiás serão contemplados. Os cartões começaram a ser distribuídos pelo Estado no final de maio e já foram entregues em Aparecida de Goiânia, Minaçu, Itapuranga, Alto Pararaíso, Campos Belos, Águas Lindas e outros municípios.

Cadastrado no CPF do responsável, o cartão já está com o crédito de R$30,00 para cada filho ou tutelado matriculado na rede estadual de ensino. Ou seja, se um pai possui dois filhos matriculados em escola estadual, ele receberá o crédito de R$60,00. Cada unidade escolar deverá entrar em contato com os pais e/ou responsáveis para informar a data e o horário da retirada dos cartões em sua unidade.

O cartão pode ser utilizado em qualquer mercado ou estabelecimento credenciado à bandeira Alelo, exclusivamente para compra de gêneros alimentícios. Não há prazo para utilização do crédito: ele pode ser acumulado ao longo dos meses sem nenhum prejuízo ao estudante.

Atualização de cadastro para recebimento

Os alunos que não atualizaram seus cadastros junto à escola nos últimos dias devem fazê-lo imediatamente. Sem o cadastro atualizado, com CPF do responsável e data de nascimento do estudante, não é possível confeccionar o cartão alimentação.

“Alguns alunos não receberão o cartão agora porque o cadastro não foi atualizado. As escolas vêm entrando em contato com os estudantes, nas últimas semanas, para atualizarem o cadastro, mas nem todos deram as informações”, explicou a gerente de Alimentação Escolar da Seduc, Terezilda Melo.

Cartão Alimentação X Merenda Escolar

O programa Cartão Alimentação visa a melhorar as refeições dos alunos durante o período de aulas remotas, no qual foi interrompido o serviço de Merenda Escolar nas escolas.

Para financiamento da Merenda Escolar no regime de aulas presenciais, a União repassava R$ 0,36 por aluno, por dia letivo, em escolas regulares. Esse recurso era complementado pelo Estado de Goiás com R$ 0,17, o que totalizava R$ 0,56 por dia e R$ 10,60 por mês. O valor que está sendo destinado ao cartão alimentação, portanto, é três vezes maior.

O cartão alimentação conta com investimentos de R$ 48 milhões do Tesouro Estadual, para atender a todos os 530 mil estudantes da rede estadual nos meses de maio, junho e julho, referentes a abril, maio e junho deste ano.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Últimas notícias

Em dia histórico, Governo do Estado assume gestão e regulação dos hospitais próprios, em Goiânia

Governador Ronaldo Caiado inicia entrega de 250 mil cestas básicas, em Goiânia, e cumpre agenda em Mara Rosa, nesta sexta-feira (17/09)

Em Montes Claros de Goiás, Caiado participa, ao lado do ministro da Infraestrutura, de entrega da restauração da BR-070

Caldas Novas vacina adolescentes de 12 a 17 anos com deficiência permanente e aplica terceira dose em idosos