quarta-feira, 25 de maio de 2022

quarta-feira, 25 de maio de 2022

Em Aruanã, Caiado autoriza construção de casas populares, entrega computadores, Chromebooks, para estudantes do Ensino Médio, e participa da inauguração do Porto Indígena Maurehi

Unidades habitacionais fazem parte do programa Pra Ter Onde Morar - Construção, que destina, inicialmente, 50 moradias para município do Oeste goiano, com investimentos de R$ 6,2 milhões.

O governador Ronaldo Caiado, em Aruanã, autoriza a construção de casas populares, entrega benefícios para área da educação do município e participa de inauguração de porto no Rio Araguaia: defesa de parceria entre esferas governamentais para sanar principais problemas enfrentados pela população

Início das obras está previsto para janeiro de 2022. Alunos da rede estadual são contemplados com 108 computadores portáteis e, escolas, com 150 conjuntos de móveis. Governador também participa da inauguração de infraestrutura logística às margens do Rio Araguaia. “Meu compromisso é levar qualidade de vida para o interior”, afirma

O governador Ronaldo Caiado participou, neste sábado (18/12), de uma extensa agenda em Aruanã, na região Oeste do Estado, que comemora 63 anos de emancipação. Os compromissos incluíram a autorização para a construção de 50 casas populares no município, com investimentos de aproximadamente R$ 6,2 milhões; entrega de 108 Chromebooks para estudantes da 3ª série do Ensino Médio, além de 150 conjuntos-alunos, compostos por cadeiras e mesas, para as escolas da rede estadual. Ele ainda participou da inauguração do Porto Indígena Maurehi, viabilizado por meio de parceria entre a prefeitura e o Ministério do Turismo, com aporte de R$ 3 milhões.

“Meu compromisso é levar qualidade de vida para o interior”, disse Caiado ao falar sobre uma das linhas do programa Pra Ter Onde Morar, da Agência Goiana de Habitação (Agehab). O Governo de Goiás autorizou recentemente a construção de 1.156 moradias em 30 municípios, com investimentos que superam a marca de R$ 130 milhões, oriundos do Fundo de Proteção Social do Estado de Goiás (Protege).

“Não fazemos casa mais ou menos não. [Cada unidade] vai sair por mais de R$ 120 mil. As pessoas recebem a escritura e sabem, agora, que, em Goiás, tem programa de habitação no interior”, afirmou o chefe do Executivo. “No meu governo, eu não vou jogar o problema nas costas do prefeito”, acrescentou, ao defender a parceria entre as esferas para sanar os principais problemas enfrentados pela população.

Aruanã é o segundo município a ser contemplado com o programa Pra Ter Onde Morar – Construção – o primeiro foi Hidrolândia, onde ocorreu o lançamento da iniciativa, na última quarta-feira (15/12). As 50 casas cujas ordens de serviço foram assinadas neste sábado terão cerca de 47 metros quadrados, com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. A frente de trabalho começa a operar já em janeiro do próximo ano, assegurou o presidente da Agehab, Pedro Sales.

“Fico feliz de recuperar esse programa e contemplar Aruanã. Volto, em breve, para darmos início às obras e, depois, inaugurá-las para que o governo estadual possa distribuí-las a quem merece”, assinalou.

O investimento do Executivo, por unidade, é de até R$ 124 mil. O projeto é uma parceria entre o Estado, que custeia integralmente as residências com recursos do Protege, e os municípios, que doam terrenos para a construção.

“A minha fala é muito simples. Parabéns para Aruanã e que as coisas continuem acontecendo como têm acontecido, com o apoio do governador”, agradeceu o prefeito Hermano de Carvalho à Caiado e ao presidente da Agehab pela destinação das casas ao município, durante a comemoração de 63 anos da cidade.

Educação
Com a prerrogativa de fazer de canto de Goiás um lugar digno para se viver, com a mesma oferta de serviços e condições da capital e região metropolitana, Caiado também entregou 108 Chromebooks para alunos de escolas públicas que vão iniciar, em 2022, a 3ª série do Ensino Médio.

A iniciativa faz parte de um total de 60 mil equipamentos distribuídos em todo o Estado, com investimentos de cerca de R$ 144 milhões. Entre os pacotes de benefícios na área da educação, também houve a destinação de 150 conjuntos-alunos, compostos por cadeiras e mesas, para as escolas da rede.

“Nosso sonho é que nossos filhos tenham condições de vida melhores do que a nossa. Investir em educação é confiar nos nossos gestores, professores, coordenadores. O dinheiro não fica mais parado em Goiânia; o dinheiro está aqui”, comparou o governador sobre a forma como o recurso público é gerido agora, de forma transparente e descentralizada, em detrimento de como ocorria nos governos anteriores.

Logística
O aniversário de Aruanã, um dos principais polos turísticos goianos, também foi comemorado com a inauguração do Porto Indígena Maurehi, viabilizado por meio de parceria entre a prefeitura e o Ministério do Turismo, com aporte de R$ 3 milhões.

A união de esforços intergovernamentais, aliás, sempre foi uma das bandeiras defendidas por Caiado – que prestigiou o descerrar da placa da nova estrutura -, para beneficiar a população e melhorar a autoestima dos municípios.

O projeto do porto contou com recursos destinados pelo presidente regional do MDB, Daniel Vilela, durante sua atuação como deputado federal. “Quando temos bons princípios e propósitos, a política pode transformar para melhor a vida das pessoas e das cidades”, sentenciou. “Hoje vemos aqui o fruto do nosso trabalho, do trabalho de vários políticos que se empenharam para colaborar com um município importante para o nosso Estado”, continuou Vilela.

O prefeito Hermano de Carvalho agradeceu ao empenho do presidente regional do MDB. “O Daniel falou, mas vou repetir: as grandes parcerias são muito importantes para uma cidade. Não é à toa que seu pai [o ex-governador e ex-prefeito de Aparecida de Goiânia Maguito Vilela] fez história e você também vai fazer”, finalizou o gestor municipal.

Quando em funcionamento, o porto, localizado às margens do Rio Araguaia, bem próximo ao encontro com outro curso d’água, o Rio Vermelho, passa a ser o maior do município. A obra facilitará o transporte de turistas e o dia a dia na retomada pós-Covid em Aruanã.

Também participaram da solenidade o secretário nacional de Infraestrutura Turística, do Ministério do Turismo, Luís Vannucci, que representou o ministro Gilson Machado Neto; o vice-prefeito de Aruanã, Arlirio Antunes Barbosa; os deputados federais Dr. Zacharias Calil e Delegado Waldir; os deputados estaduais Francisco de Oliveira e Wagner Neto; o presidente da Associação Goiana de Municípios (AGM) e prefeito de Goianira, Carlão da Fox; o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral; o secretário de Estado de Esporte e Lazer, Henderson de Paula; o presidente da Câmara Municipal de Aruanã, vereador Wedson Batista Campos (Edson da Taboca).

Também marcaram presença no evento os prefeitos Marconi Pimenta (Britânia), Gabriel do Espanhol (Araguapaz), Paraíba da Farmácia (Nova Crixás), Valter Aleixo (Mozarlândia); os comandantes da 44a da Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), major Salum, e do 1º Pelotão do Corpo de Bombeiros, tenente Abel; além de amigos, vereadores, secretários municipais, lideranças religiosas e indígenas da região.

Foto: Hegon Corrêa

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Publicações em Alta

Caiado apresenta projeto de fomento e incubação de cooperativas sociais

UEG retoma aulas presenciais na segunda-feira (11)

Caiado participa da abertura do 2º Congresso Brasileiro de Direito Religioso

Vacinação de Pessoas Acima de 60 Anos Deve Terminar Em Abril, Afirma Caiado