No Banner to display

domingo, 19 de setembro de 2021

domingo, 19 de setembro de 2021

Em Anápolis, Gracinha Caiado recebe Comenda Voluntários de Coração em reconhecimento por realizações no setor social

Honraria é concedida a pessoas que se destacam com participação em ações do programa que visa promover cidadania e estimular o desenvolvimento de uma sociedade participativa.

Primeira-dama Gracinha Caiado é homenageada, em Anápolis, com Comenda Voluntários de Coração, em reconhecimento por atuação na área social: “O voluntariado tem sido peça fundamental no trabalho social de Goiás”

“Nada pode ser mais poderoso do que ajudar e contribuir para melhorar a vida do próximo”, afirma primeira-dama

A presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado, recebeu, na noite desta sexta-feira (27/08), em solenidade no Teatro Municipal de Anápolis, a Comenda Voluntários de Coração.

“O voluntariado tem sido peça fundamental no trabalho social de Goiás”, afirmou Gracinha Caiado. A honraria reconhece a atuação de pessoas que, em cada ano, se destacaram com participação em ações do Voluntários de Coração. Instituído pela Lei nº 4.051 de 6 de dezembro de 2019, do município de Anápolis, o programa visa promover a cidadania e estimular o desenvolvimento de uma sociedade participativa e prática, com o objetivo de minimizar as desigualdades sociais.

“Como voluntária que sou, acredito que podemos de fato construir caminhos para um futuro melhor. Acredito que ninguém faz nada sozinho. Temos que trabalhar em parceria, Estados e municípios. Dessa forma que temos trabalhado, temos conseguido organizar a proteção social do nosso Estado”, ressaltou a presidente da OVG.

Prefeito de Anápolis, Roberto Naves chamou de “abençoadas por Deus” as pessoas que fazem parte do Voluntários do Coração. “Elas sabem que ajudando recebem mais do que doam. É por isso que juntos vamos continuar no caminho do bem, da cruzada pela dignidade, de buscar a igualdade social”, disse. E completou: “Cada um ajuda com aquilo que é possível”.

De iniciativa da primeira-dama de Anápolis, Vivian Naves, o programa já alcançou mais de quatro mil famílias. Todos os agraciados tiveram os nomes homologados, com publicação no Diário Oficial do município de Anápolis, em decretos individuais, assinados pelo prefeito. A escolha da data da cerimônia não é aleatória, a comenda é entregue aos contemplados em comemoração ao Dia Nacional do Voluntário, comemorado no dia 28 de agosto de cada ano.

“O programa Voluntários do Coração nasceu de uma cidade que tem muitos voluntários, que contribuem muito para nossa cidade. Nasceu desse ideal de unir pessoas movidas pela solidariedade e pelo comprometimento”, declarou Vívian Naves. A primeira-dama ainda salientou o quanto a noite é especial. “Quero dar os parabéns a cada um de vocês, que tocam a vida de tantas pessoas”, reiterou.

Também homenageada, a ex-primeira-dama de Anápolis, Onaide Santillo, destacou que ser voluntária é uma missão do coração. “A gente não busca recursos materiais ou econômicos para fazer o voluntariado, mas somos obrigados a fazer pelo amor ao próximo. Não dá para ver alguém precisando de algo é não fazer nada”, disse.

Ao representar o Poder Judiciário, o juiz Carlos Limongi agradeceu a honraria e destacou que ser voluntário é ter a vida transformada. “Servir e fazer o bem é muito bom porque encontramos o propósito e o sentido da nossa vida. As pessoas que mais ganham com o trabalho voluntário somos nós mesmos”, assegurou.

Da mesma forma, o presidente da Câmara Municipal de Anápolis, vereador Leandro Ribeiro, ressaltou a importância de melhorar a vida de quem mais precisa. “A essência de quem faz o bem transmite paz. Que vocês continuem acreditando que a gente pode mudar a vida das pessoas”, pontuou.

 

Presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado

 

Ação coordenada
A política social do Governo de Goiás não se restringe a ações isoladas, consistindo em um leque de programas e benefícios. A gestão já ultrapassou a marca de R$ 1,1 bilhão em investimentos destinados a atender a parcela mais vulnerável da população nos 246 municípios do Estado. Entre projetos e entregas realizados, já foram mais de R$ 364 milhões, que ganham reforço de R$ 830 milhões para novas iniciativas, como reforma e construção de casas sem custo ou parcela de financiamento para os moradores.

O trabalho coordenado garante 1 milhão de cestas básicas, segurança alimentar para 530 mil estudantes, 100 mil famílias contempladas pelo programa Mães de Goiás, distribuição de 130 mil cobertores, 10 mil bolsas concedidas pelo Universitário do Bem (ProBem) e 5 mil vagas para o Aprendiz do Futuro.

Além disso, a Organização das Voluntárias de Goiás realiza capacitação de pessoas que queiram atuar como voluntários. “Entre 2019 e julho de 2021, a OVG capacitou quase 8 mil pessoas para o trabalho voluntário por meio da Plataforma do Voluntariado”, informou Gracinha Caiado.

Goiás Social
O olhar estratégico para atender o cidadão é sustentado pelo programa Goiás Social, coordenado pelo Gabinete de Políticas Sociais em parceria com a OVG, que articula medidas em parceria com os municípios para superação de carências, com atuação focada nas famílias. O programa leva ações de qualificação profissional e para produção da agricultura familiar, juntamente com o Crédito Social, recurso para aqueles que passaram pela qualificação e desejam empreender.

É por meio do Goiás Social que as doações de itens como cadeiras de rodas, muletas, andadores, fraldas, colchões especiais e filtros de água passaram a alcançar todas as regiões do Estado. Também faz parte do Goiás Social o projeto Alfabetização e Família, bem como direcionamento para benefício de reforma de casas com custo zero, além de acesso ao Crédito Social.

Mães de Goiás
Lançado pelo governador e pela primeira-dama no último dia 9, o programa de distribuição de renda foi instituído para atender mulheres com filhos de até seis anos de idade. O auxílio financeiro será de R$ 250 por mês e terá um aporte total de R$ 219 milhões, por meio do Fundo de Proteção Social do Estado de Goiás (Protege Goiás). Por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds), o Mães de Goiás busca garantir segurança alimentar, fomentar renda, oferecer melhor qualidade de vida e assegurar a permanência dos filhos na escola.

Aquecendo Vidas
O Governo de Goiás, via OVG e entidades sociais, distribuiu 130 mil cobertores para a população vulnerável. Entre os atendidos estão pessoas em situação de rua, ocupações e associações de catadores de materiais recicláveis. Os agasalhos também reforçaram a iniciativa com a soma de 6.300 peças. As entregas ocorrem em parceria com o Gabinete de Políticas Sociais e representam um investimento de R$ 4,7 milhões por parte do Estado.

Segurança alimentar
A atuação da rede de proteção social foi reconsiderada com o advento da pandemia. Além de prover atendimento médico aos goianos, houve reforço na ação humanitária. Neste cenário, mais de R$ 70 milhões foram investidos pelo governo para garantir a segurança alimentar das famílias goianas, sendo R$ 28 milhões em repasses diretos aos municípios, por meio das secretarias municipais de Assistência Social.

Somente para aquisição de cestas básicas foram R$ 49 milhões em investimentos. A aquisição está na quarta remessa, com a qual o Governo de Goiás chegará à marca de 1 milhão de cestas básicas distribuídas desde o início da crise causada pela Covid-19. Trata-se do maior investimento de um Estado no combate à insegurança alimentar gerada pela pandemia.

Universitário do Bem
Em janeiro deste ano, o Governo implantou o Programa Universitário do Bem (ProBem), desenvolvido para democratizar o acesso à bolsa de estudo para o ensino superior ao usar um banco de dados nacional, o CadÚnico, que identifica as famílias mais vulneráveis em cada um dos municípios goianos. A iniciativa tem foco em promover a inclusão ao ensino superior à faixa mais carente da população goiana.

Na última quinta-feira (27/08), Caiado e Gracinha assinaram termo de adesão de 5 mil novos bolsistas, atingindo assim a marca de 10 mil contemplados, beneficiados com custeio de 50% do valor da mensalidade, e outras mil integrais que vão cobrir 100% da mensalidade. Para a maioria dos cursos, o benefício parcial pode chegar a R$ 650 e o integral a R$ 1.500. Já para alunos de Medicina e Odontologia, as bolsas serão de R$ 2.900 (parcial) e R$ 5.800 (integral).

Aprendiz do Futuro
Com aporte anual previsto de R$ 81,3 milhões, o projeto vai contratar adolescentes para aprendizagem profissional em órgãos estaduais. 5 mil vagas foram abertas no final de julho e as inscrições encerraram-se no último dia 15. O projeto contemplará menores de 14 e 15 anos que sejam estudantes de escola pública e tenham renda familiar de até dois salários mínimos.

Eles terão pagamento de R$ 516, vale-alimentação no valor de R$ 150, vale-transporte, 13º salário, seguro de vida e concessão de uniforme. Durante a vigência do programa, os beneficiários passarão por cursos de qualificação técnica, voltada ao mercado de trabalho, e terão o desempenho escolar acompanhado.

Também participaram do evento o vice-prefeito de Anápolis, Márcio Cândido da Silva; o presidente do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos de Goiás (Ipasgo), Hélio Lopes; o deputado estadual Amilton Filho; os comandantes da Base Aérea de Anápolis, coronel aviador Paulo Roberto Cursino dos Santos e coronel aviador Gustavo Pestana; o reitor da Centro Universitário de Anápolis – UniEvangélica, Carlos Hassel Mendes; banda de música da Base Aérea de Anápolis; e vereadores do município.

 

Fotos: André Saddi

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Últimas notícias

Caiado participa do lançamento da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste, em Mara Rosa, no Norte goiano

Goiás atualiza orientações sobre vacinação contra Covid-19

Em Goiânia, Caiado inicia entrega de mais 250 mil cestas básicas a famílias em vulnerabilidade impactadas pela pandemia, e Goiás atinge marca de 1 milhão de donativos distribuídos

Caiado diz que consultas populares vão definir como Projeto Gênesis será implantado e destaca que prioridades são “desenvolvimento do Nordeste goiano e preservação do meio ambiente”