No Banner to display

domingo, 14 de agosto de 2022

domingo, 14 de agosto de 2022

No Banner to display

Cerca de 20 mil alunos da Regional de Rio Verde recebem Cartão Alimentação

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) entregou o Cartão Alimentação do Governo de Goiás a cerca de 20 mil estudantes matriculados nas 25 escolas públicas estaduais jurisdicionadas à Coordenação Regional de Educação (CRE) de Rio Verde

Iniciativa do Governo de Goiás, por meio da Seduc, dá direito a um saldo de R$30 mensais por aluno matriculado. Em uma família, por exemplo, com cinco filhos matriculados na rede pública estadual, o crédito será de R$150 (Foto: Divulgação)

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) entregou o Cartão Alimentação do Governo de Goiás a cerca de 20 mil estudantes matriculados nas 25 escolas públicas estaduais jurisdicionadas à Coordenação Regional de Educação (CRE) de Rio Verde. Os estudantes dos municípios de Rio Verde, Castelândia, Santo Antônio da Barra e Montividiu passam a contar com o benefício de R$30 por mês para a melhoria da alimentação, nesse período que estão sem a merenda escolar, em decorrência da pandemia.

Mercados mais próximos
Avó e cuidadora de três netos que estudam em escolas estaduais de Rio Verde, dona Maria Rosângela dos Santos, de 69 anos, recebeu o Cartão Alimentação cadastrado em seu nome com o crédito de R$90, válidos mensalmente. “Como eu moro um pouco longe da escola, a mudança do kit de alimentos para esse cartão é muito bem-vinda e também posso aproveitar para comprar produtos com preços mais baixos, em mercados próximos”, considera dona Maria.

A neta Jéssica, que estuda no Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Maria Ribeiro Carneiro, em Rio Verde, acompanhou dona Maria Rosângela durante o recebimento do Cartão Alimentação. “Antes, a gente precisava pedir favor para amigos para buscar o kit, agora fica tudo mais fácil”, afirmou Jéssica.

Circulação dos recursos
A entrega do Cartão Alimentação aos estudantes da região de Rio Verde, no sudoeste goiano, deve movimentar cerca de R$570 mil por mês. Os recursos financeiros referentes à merenda escolar agora estão sendo levados diretamente às mesas das famílias, em decorrência da pandemia.

A iniciativa do Governo de Goiás, por meio da Seduc, dá direito a um saldo de R$30 mensais por aluno matriculado. Em uma família, por exemplo, com cinco filhos matriculados na rede pública estadual, o crédito será de R$150, depositados em um só cartão, específico para a aquisição de alimentos.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Publicações em Alta

Em Porangatu, Caiado anuncia ampliação do Projeto da Cerveja de Mandioca e pequenos agricultores do município podem vender produção para Ambev

Operação Fogo Amigo: Economia estima desvio de R$ 2 milhões em ICMS

Caiado anuncia que GO-118, em Alto Paraíso, deve ser liberada parcialmente até sexta-feira (07/01)

Em três anos, Governo de Goiás reduz em 94% o número de foragidos no sistema penitenciário