No Banner to display

quinta-feira, 25 de julho de 2024

quinta-feira, 25 de julho de 2024

No Banner to display

Caiado supera guerra ideológica e fica acima de Lula e Bolsonaro em Goiás

Com avaliação positiva de 81,4% do eleitorado goiano, o governador se descola da polarização política que tomou conta do país nos últimos anos

Foto: Reprodução

Há quase 40 anos na política, quatro vezes deputado federal, uma vez senador e duas vezes governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil) costuma brincar quando é instado a responder se se considera um bolsonarista: “sou um caiadista”, responde o governador goiano, único a ser eleito e reeleito em primeiro turno na história de Goiás. A resposta é uma forma de Caiado reafirmar sua independência, como ele próprio diz, moral, intelectual e política. “Cada um tem o seu estilo. Eu não tenho que copiar modelo, eu tenho o meu modelo. Modéstia à parte, o povo goiano me conhece. Ninguém tem que vestir a roupa do outro”, ressalta, se considerando um aliado do ex-presidente Bolsonaro.

A coerência política de Caiado, aliada a sua competência na gestão do Estado, tem refletido diretamente na convicção dos eleitores goianos. Pesquisa de intenção de voto para presidente da República, realizada em Goiás pelo instituto Paraná Pesquisas, divulgada nesta terça-feira (12/12), aponta que Ronaldo Caiado superaria com folga a polarização política que domina o país desde 2018, e que divide o Brasil entre bolsonaristas e lulistas. Num primeiro cenário da pesquisa estimulada, Caiado lidera a disputa com 37,8% das intenções de voto, seguido por Michele Bolsonaro (PL), esposa do ex-presidente Jair Bolsonaro, que tem 21% da preferência do eleitorado goiano. Em terceiro lugar, vem o atual presidente, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 19,9%.

E um outro cenário, dessa vez com outros dois possíveis candidatos que carregam a bandeira do bolsonarismo, Ronaldo Caiado amplia a liderança e chega a 42,4% da preferência dos eleitores goianos para presidente da República. Em segundo lugar, vem o presidente Lula, com 20,9%. Em seguida, com 12,5% das intenções de votos, aparece Tarcísio de Freitas (Republicanos), governador de São Paulo e um dos principais aliados de Jair Bolsonaro. Em quarto lugar vem Ciro Gomes (PDT), e logo atrás Romeu Zema (Novo), governador de Minas Gerais, com 4,1%.

Potencial para avançar

Para analistas políticos, os levantamentos da Paraná Pesquisa apontam que o governador goiano tem grande potencial para romper com a polarização que dominou o pleito de 2022 e se consolidar como força política suficientemente capaz de resgatar a via racional que levará a pacificação do país.

Representante da direita racional, Caiado pode, segundos os especialistas, liderar um processo que reúna a oposição mais radical ao governo Lula, aí incluídos os bolsonarisatas, bem como os moderados alinhados a pautas conservadoras e liberais, mas nem tanto sectários, que são os eleitores mais ao centro e até de centro-esquerda, que lidam bem com pautas progressistas, como por exemplo políticas públicas que visam a emancipação das pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Essa tese é corroborada, pelo menos em Goiás, pelo alto índice de aprovação que Ronaldo Caiado tem junto ao eleitorado goiano. A mesma Paraná Pesquisa apontou que Caiado é o governador mais bem avaliado do Brasil. Segundo o levantamento, Caiado tem a aprovação de 81,4% dos goianos, e é desaprovado por apenas 13,6% dos eleitores. Não sabem ou não quiseram opinar somam 4,9%. Desde o último levantamento feito em Goiás, realizado em junho próximo passado, Caiado cresceu mais de cinco pontos percentuais. Na época, o governador goiano era aprovado por 76% do eleitorado do estado.

Crescimento

Ronaldo Caiado governa o estado que cresce quase três vezes a média nacional. No ano passado, o PIB goiano cresceu 6,6%, ante 2,9% do Brasil. Além do crescimento econômico, a gestão Caiado colhe excelentes resultados em áreas prioritárias da administração e que são perceptíveis à população, como a segurança pública, onde Goiás lidera o ranking dos estados que mais diminuíram o número de homicídios no país.

A regionalização da saúde, obras de infraestrutura, investimentos na educação e a redução da pobreza no Estado através da geração de empregos e renda, somadas a robustos programas sociais instituídos pelo Governo de Goiás, são ações que colocam o governador Ronaldo Caiado, tido como o mais municipalista da história de Goiás, no topo do ranking entre todos os demais chefes de executivos estaduais do Brasil.

Para realização das pesquisas em Goiás, o Instituto Paraná Pesquisas ouviu 1.546 eleitores, sendo esta estratificada segundo gênero, faixa etária, grau de escolaridade, nível econômico e posição geográfica. O trabalho de levantamento de dados foi feito através de entrevistas pessoais, com eleitores com 16 anos ou mais em 76 municípios entre os dias 06 e 10 de dezembro de 2023. A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.

Daniel reafirma foco em trabalhar, ao lado de Caiado,pelo entorno do DF

O vice-governador Daniel Vilela reafirmou seu compromisso em trabalhar, ao lado do governador Ronaldo Caiado, para atender às demandas da população de Luziânia e dos demais municípios localizados no entorno do Distrito Federal. Ele também enumerou ações e programas do Governo de Goiás concluídos ou em execução na região para confirmar, junto às milhares de pessoas que compareceram ao Ginásio de Esportes José de Araújo Leite, o potencial da gestão estadual “em fazer muito mais”.

Daniel esteve em Luziânia na noite desta terça-feira (12/12), para receber título de cidadão luzianiense. A propositura foi do vereador Dioscler Lima Ferreira, com aprovação unânime da Câmara Municipal. Na oportunidade, também foi homenageado com a mesma honraria o ex-presidente da República, Jair Bolsonaro. “Este título é uma demonstração do espírito acolhedor e generoso que caracteriza as pessoas daqui”, disse o vice-governador. “Minha responsabilidade com esta cidade aumenta e muito a partir de agora”.

Ao falar dos investimentos do Governo do Estado em Luziânia, Daniel Vilela focou nas áreas de Educação e Segurança Pública. Como o município foi considerado, por muitos anos, um dos principais centros de violência e de criminalidade em Goiás, o vice-governador ilustrou a mudança drástica da realidade local, mencionando a criação e instalação da 16ª Companhia Independente de Polícia Militar, a reforma e adequação do 10º Batalhão da PMGO e a entrega do Instituto Médico Legal da cidade, onde foram aplicados R$ 5,3 milhões do Tesouro Estadual.

No setor educacional, Daniel deu ênfase às intervenções físicas que melhoraram as condições de trabalho dos professores e administrativos e impactaram positivamente o processo de ensino e aprendizagem. Em Luziânia, 11 colégios estaduais estão com obras de reforma e ampliação concluídas; outros 11, segundo o vice-governador, estão em andamento. “São mais de R$ 17,6 milhões investidos nesta área”, comentou. “Na prática, Educação e Segurança Pública se inter-relacionam. O governo faz o aporte sistemático de recursos para o combate ostensivo ao crime e para garantir a tranquilidade dos goianos. E, em contrapartida, também prioriza projetos que garantam aos alunos um tempo de qualidade em sala de aula”, detalhou Daniel Vilela. “Assim, eles não viram alvo fácil de criminosos, que querem levá-los para a marginalidade”, complementou.

Fonte: Diário da Manhã

Publicações em Alta

Polícia Civil prende autor de homicídio e dupla tentativa de homicídio em Caldas Novas

Equatorial Goiás troca 200 chuveiros em Morrinhos

Detran disponibiliza Disque-Guincho para remoção de veículos

Prefeitura de Caldas Novas espera receber 150 mil pessoas no Feriado de Tiradentes

No Banner to display