domingo, 3 de julho de 2022

domingo, 3 de julho de 2022

Caiado anuncia data da transferência de área para construção do Hospital do Câncer

A regularização do terreno de 136,4 mil metros quadrados destinado à obra do Hospital do Câncer encerra um entrave de ordem burocrática.

Unidade tem previsão de receber alas de internação, ambulatório, quimioterapia, radioterapia, cirurgia, leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e um amplo setor para abrigar familiares de pacientes oncológicos (Foto: Secom)

O governador Ronaldo Caiado anunciou em vídeo gravado na tarde desta terça-feira (31), após reunião na Secretaria do Patrimônio da União, em Brasília, que já há um calendário para a transferência da área onde será construído o Hospital do Câncer de Goiás. De acordo com Caiado, a previsão é que isso ocorra no dia 4 de novembro de 2021. “Uma luta de anos e anos está virando realidade”, destacou (confira o vídeo abaixo). Caiado estava acompanhado do secretária da Administração, Bruno D’Abadia, e do secretário-chefe Geral da Governadoria, Adriano da Rocha Lima,

A regularização do terreno de 136,4 mil metros quadrados destinado à obra do Hospital do Câncer encerra um entrave de ordem burocrática. O local, que antes pertencia à Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), passou para o domínio da Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União (SPU), vinculada ao Ministério da Economia.

As tratativas para sanar a questão junto ao Ministério da Economia foram iniciadas no mês de junho, quando o governador esteve com o Secretário Adjunto de Coordenação e Governança do Patrimônio da União, Mauro Benedito de Santana Filho, em Brasília. No dia 5 desse mês, o presidente Jair Bolsonaro confirmou a cessão de área para Goiás, durante reunião com o governador Ronaldo Caiado, em Brasília.

A área fica no Residencial Barravento, próximo a Centrais de Abastecimento de Goiás (Ceasa), em Goiânia. A unidade tem previsão de receber alas de internação, ambulatório, quimioterapia, radioterapia, cirurgia, leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e um amplo setor para abrigar familiares de pacientes oncológicos que estiverem em tratamento e cujas residências sejam nos municípios do interior de Goiás.

O hospital, de acordo com o governador, vai garantir atendimento e tratamento médico-hospitalar de qualidade para crianças, mulheres, idosos e pacientes em geral, que poderão contar com um espaço humanizado e adequado com os melhores padrões internacionais na área da saúde.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Publicações em Alta

Novo Mapa do Turismo em Goiás conta com 92 municípios

Rio Quente é uma ótima opção para o próximo feriado

Vereadores suplentes assumem mandato em Caldas Novas

Hcamp de Itumbiara registra 71 pacientes curados da Covid-19 em 9 dias