No Banner to display

quinta-feira, 18 de julho de 2024

quinta-feira, 18 de julho de 2024

No Banner to display

Autor é condenado a 48 anos de prisão por crimes sexuais e ameaças em Goianésia

Um homem de 43 anos, investigado pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Goianésia, foi condenado a mais de 48 anos de reclusão, pelos crimes de estupro, estupro de vulnerável, tortura, lesão corporal e perseguição

Foto: Reprodução

Além disso, foi condenado a três anos de detenção pelos crimes  de registro não autorizado da intimidade sexual e ameaça.

As investigações tiveram início em setembro de 2022, quando a Polícia Civil, no contexto da Operação Maria da Penha, prendeu o indivíduo em flagrante pelos crimes de descumprimento de medidas protetivas de urgência e perseguição contra a esposa, de 36 anos, e sua filha, de 19 anos.

A vítima conviveu com o autor durante 21 anos, e teve três filhos com ele. Entretanto, episódios de violência sempre marcaram a vida do casal. Em outubro de 2021, a vítima procurou a delegacia e relatou ter sido ameaçada de morte. Naquela ocasião, ela solicitou medidas protetivas. No entanto, o homem não respeitou a decisão judicial e coagiu a mulher a voltar a residir com ele, mediante graves ameaças.

Em 2022, no momento da prisão do autor, a vítima revelou que, desde 2009, sofria abusos sexuais por parte do marido.

A decisão pela condenação é do Juiz de Direito Érico Mercier Ramos, titular da 2ª Vara Criminal da Comarca de Goianésia.

Fonte: Polícia Civil

Publicações em Alta

Polícia Civil prende autor de homicídio e dupla tentativa de homicídio em Caldas Novas

Equatorial Goiás troca 200 chuveiros em Morrinhos

Prefeitura de Caldas Novas espera receber 150 mil pessoas no Feriado de Tiradentes

Educação abre período de matrículas para 2024

No Banner to display