No Banner to display

domingo, 19 de setembro de 2021

domingo, 19 de setembro de 2021

Acordo pode facilitar acesso à internet satelital em Goiás

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), estuda contratar a Telebrás para o fornecimento de internet satelital.

A internet satelital vai ser utilizada para levar capacitação on-line, aulas da rede pública de ensino, acesso à internet e telefones celulares (Foto: Sedi)

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), estuda contratar a Telebrás para o fornecimento de internet satelital. A empresa do governo federal fornecerá toda a infraestrutura da internet via satélite, como antena, receptor e instalação. A ideia é levar internet banda larga para locais de difícil acesso no Estado, como comunidades quilombolas e assentamentos rurais.

“A Abep (Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação) está finalizando um termo de cooperação técnica com a Telebrás para que as associadas possam contratar os serviços da empresa de maneira simplificada”, explica o superintendente de Operações e Serviços de Tecnologia da Informação da Sedi, William Divino Ferreira, que participou, no início de setembro, de workshop da Abep em João Pessoa (PB).

A internet satelital vai ser utilizada para levar capacitação on-line, aulas da rede pública de ensino, acesso à internet e telefones celulares. Além de William, o gerente de Sistemas da Superintendência de Sistemas e Inovação (Susi) da Sedi, Rogério Braudes Araújo, também participou do evento da Abep.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Últimas notícias

Caiado participa do lançamento da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste, em Mara Rosa, no Norte goiano

Goiás atualiza orientações sobre vacinação contra Covid-19

Em Goiânia, Caiado inicia entrega de mais 250 mil cestas básicas a famílias em vulnerabilidade impactadas pela pandemia, e Goiás atinge marca de 1 milhão de donativos distribuídos

Caiado diz que consultas populares vão definir como Projeto Gênesis será implantado e destaca que prioridades são “desenvolvimento do Nordeste goiano e preservação do meio ambiente”