No Banner to display

segunda-feira, 17 de junho de 2024

segunda-feira, 17 de junho de 2024

No Banner to display

Observação de aves é a nova aposta do turismo de Goiás

Prática cresce no Brasil e no mundo e terá destinos do estado divulgados pelo governo goiano em evento nacional voltado para esse novo nicho de mercado no turismo

Tiriba do Paranã, que pode ser visto em Guarani de Goiás, é uma das espécies mais procuradas pelos amantes de birdwatching

O Governo de Goiás, por meio da Goiás Turismo, vai expor de forma inédita os destinos do estado que são apostas dentro da nova tendência do turismo mundial: a prática da observação de aves. A autarquia terá um estande exclusivo no Avistar 2024 – Encontro Brasileiro de Observação de Aves, que começa nesta sexta-feira (17/05) e segue até domingo (19/05), em São Paulo.

O evento reúne pesquisadores, praticantes, empresários e gestores do turismo para debater o tema durante os fóruns com especialistas, palestras, oficinas, além de lançamentos de livros.

A delegação de Goiás é composta por servidores da Goiás Turismo, empresários, gestores e pesquisadores que irão divulgar as potencialidades do estado neste nicho de mercado, que tem crescido em todo o mundo. No Brasil, são mais de 50 destinos de ecoturismo que promovem a observação de pássaros.

A atividade de observar aves, também chamada de “passarinhar” ou birdwatching, em inglês, tem sido realizada em Goiás, principalmente no Parque Estadual de Terra Ronca e nas regiões da Chapada dos Veadeiros, Chapada das Emas, Vale do Araguaia e Entorno do Distrito Federal.

Muitos dos praticantes vêm até de outros países para observar e registrar em fotos as espécies raras encontradas no Cerrado, como o Tiriba do Paranã, que pode ser visto em Guarani de Goiás, no Nordeste goiano. Segundo o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, a observação de aves é uma atividade de lazer que também contribui para a conservação dos ambientes naturais e para a educação ambiental e científica.

“Muitos turistas procuram destinos onde possam fazer o birdwatching por diversos motivos, seja para estar em contato com a natureza, descobrir algo raro ou belezas que não se encontram em nenhum outro lugar do planeta. E Goiás, com toda a sua riqueza natural, é um ótimo lugar para passarinhar”, acrescentou.

A prática de birdwatching
Segundo o Ministério do Turismo, a observação de aves é uma modalidade que se desenvolve rapidamente no mercado turístico nacional, impulsionada pelo crescente interesse no segmento de ecoturismo.

O Brasil é um dos países com maior biodiversidade do mundo e, por esse motivo, tem potencial para crescer ainda mais neste nicho de mercado. A estimativa é que atualmente o número de observadores de aves no país pode variar entre 40 mil a 300 mil.

Estudiosos e amantes da prática afirmam que o interesse dos visitantes em estar perto da natureza para flagrar e acompanhar espécies diferentes se tornou hobby com capacidade de gerar empregos, fomentar a economia do turismo sustentável e conservar a fauna e flora locais.

Fotos: Divulgação Goiás Turismo

Agência Estadual de Turismo – Governo de Goiás

Publicações em Alta

Polícia Civil prende autor de homicídio e dupla tentativa de homicídio em Caldas Novas

UEG conquista medalhas nos JUGs 2023

Equatorial Goiás troca 200 chuveiros em Morrinhos

Governo vai ampliar o Bolsa Estudo