No Banner to display

sexta-feira, 19 de julho de 2024

sexta-feira, 19 de julho de 2024

No Banner to display

Polícia Civil deflagra operação para apurar crimes de facção criminosa

A Polícia Civil de Goiás deflagrou uma operação para averiguação de homicídios ocorridos nas cidades de Caldas Novas e Inhumas, e efetuou o cumprimento de mandados de prisão contra uma organização criminosa.

Investigação ocorre no âmbito do Programa de Ação na Segurança (PAS), implementado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, em parceria com Secretarias de Segurança Pública dos estados (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil de Goiás deflagrou uma operação para averiguação de homicídios ocorridos nas cidades de Caldas Novas e Inhumas, e efetuou o cumprimento de mandados de prisão contra uma organização criminosa.

A operação foi realizada pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Caldas Novas e contou com apoio das Polícias Civis do Distrito Federal e dos estados do Pará e de Pernambuco.

A investigação ocorre no âmbito do Programa de Ação na Segurança (PAS), implementado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, em parceria com Secretarias de Segurança Pública dos estados e cumpriu, na semana passada, sete mandados de prisão temporária.

ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA

Durante a investigação, foi identificada organização criminosa, cujos integrantes se articularam para a prática de homicídios contra rivais nas cidades de Caldas Novas (GO) e Inhumas (GO).

A polícia verificou que tal grupo criminoso foi o responsável pelo cometimento de uma tentativa de homicídio em Caldas Novas no mês de abril deste ano, no qual a vítima somente não faleceu por ter pulado do terceiro andar do apartamento onde residia, resistindo aos ferimentos mesmo tendo sido alvejada por projéteis de arma de fogo.

Dias depois, dois membros do grupo criminoso investigado foram mortos pela facção criminosa rival no município de Caldas Novas. Nesse contexto, foi instaurado inquérito policial para apurar o crime de organização criminosa, sendo colhidos indícios de autoria que resultaram no encaminhamento ao Poder Judiciário de representação pela prisão temporária de sete indivíduos.

Um dos investigados foi preso no Distrito Federal e outro no Pará.  A Polícia Civil de Pernambuco efetuou a prisão de outro integrante, em desfavor do qual existia dois mandados de prisão em aberto, pela prática dos crimes de tráfico de drogas e organização criminosa.

 

Publicações em Alta

Polícia Civil prende autor de homicídio e dupla tentativa de homicídio em Caldas Novas

Equatorial Goiás troca 200 chuveiros em Morrinhos

Prefeitura de Caldas Novas espera receber 150 mil pessoas no Feriado de Tiradentes

Educação abre período de matrículas para 2024

No Banner to display