No Banner to display

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Operação Anhanguera: forças de segurança realizam 22 prisões e 3.462 abordagens policiais, no entorno do Distrito Federal

Ao todo, 550 agentes de Goiás, DF e das forças federais participaram da ação integrada.

As forças de segurança realizaram 22 prisões e 3.462 abordagens, entre a última sexta-feira (23/07) e esta segunda (26/07), durante a Operação Anhanguera. A ação foi deflagrada pelas Secretarias de Segurança Pública de Goiás e do Distrito Federal, e teve como foco o combate à criminalidade nas cidades que compõe o entorno oeste do DF. O balanço da operação foi apresentado na manhã desta terça-feira (27/07), em Ceilândia (DF), pelos secretários Rodney Miranda (SSP-GO) e Júlio Danilo (SSPDF), além dos dirigentes das forças envolvidas.

Dentre as detenções, 11 foram decorrentes de Autos de Prisão em Flagrante (APF) e 11 do cumprimento de mandados judiciais de prisão. Foram realizados 13 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs), além da apreensão de três armas de fogo e de 15 veículos. As ações de fiscalizações tiveram como alvo bares, casas noturnas, veículos e restaurantes, resultando em 87 Autos de Infração e 44 Autos de Infração de Trânsito.

Ao todo, foram mobilizados 550 agentes. Entre as forças envolvidas, estão as Polícias Militar, Civil, Técnico-Científica, Corpo de Bombeiros Militar e Sistema Prisional dos dois entes federativos. A ação contou também com apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), com equipes da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal.

A operação é a primeira de diversas que serão realizadas no entorno do Distrito Federal. O trabalho faz parte de um esforço conjunto, que ocorre desde 2019, para a implantação de novas estratégias de segurança voltadas especificamente para a região. “Não é o encerramento, mas sim o início. A institucionalização e o esforço conjunto das forças de segurança, em busca da paz e tranquilidade da população de Goiás e do DF”, destacou o titular da SSP-GO.

A ação reuniu as partes investigativas e de inteligência ao trabalho operacional. “Conseguimos capturar vários criminosos, autuar alguns também e quebrar teias criminosas que persistiam na região por falta de integração entre os órgãos”, pontuou. Ainda segundo Rodney Miranda, a maioria das detenções foi motivada pelo envolvimento com o tráfico de drogas. “Demos mais uma pancada nessas facções, que infelizmente atuam no Brasil todo, mas que aqui em Goiás e no DF nós temos conseguido enfraquecê-las cada vez mais. Prova disso são os bons resultados de redução da violência que nós alcançamos em Goiás e no DF”, ressaltou.

O secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Júlio Danilo, reforçou a relevância da atuação conjunta entre Goiás e DF, para reduzir de forma contínua a criminalidade na região. “Os criminosos não respeitam as fronteiras. Então é necessário que as forças policiais atuem de forma integrada”, disse. “Seguiremos com o planejamento e atuando de forma conjunta em outras áreas de divisa”, completou o chefe da SSPDF.

A Operação foi batizada de “Anhanguera” em referência a Bartolomeu Bueno da Silva, Bandeirante Anhanguera que desbravou as terras de Goiás.

Secretaria de Estado da Segurança Pública – Governo de Goiás

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Últimas notícias

Em dia histórico, Governo do Estado assume gestão e regulação dos hospitais próprios, em Goiânia

Governador Ronaldo Caiado inicia entrega de 250 mil cestas básicas, em Goiânia, e cumpre agenda em Mara Rosa, nesta sexta-feira (17/09)

Em Montes Claros de Goiás, Caiado participa, ao lado do ministro da Infraestrutura, de entrega da restauração da BR-070

Caldas Novas vacina adolescentes de 12 a 17 anos com deficiência permanente e aplica terceira dose em idosos