No Banner to display

sexta-feira, 22 de outubro de 2021

sexta-feira, 22 de outubro de 2021

SES promove capacitação sobre atendimento em crianças com Covid-19

Capacitar profissionais de saúde que atuam no atendimento ao público infantil com sintomas ou diagnóstico de Covid-19 foi o objetivo de encontro virtual realizado na manhã desta quarta-feira (29/9).

O evento foi idealizado diante de dúvidas dos profissionais sobre a evolução da Covid-19 em crianças e a correta condução do atendimento nessa faixa etária (Foto: Thiago Lagares)

Capacitar profissionais de saúde que atuam no atendimento ao público infantil com sintomas ou diagnóstico de Covid-19 foi o objetivo de encontro virtual realizado na manhã desta quarta-feira (29/9), pela Gerência de Atenção Primária da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO). Médicos e enfermeiros das unidades de Estratégia de Saúde da Família receberam a qualificação conduzida pelos pediatras da SES-GO Carlos Magno da Fonseca e Débora Adorno Macedo.

Todas as informações repassadas estão contidas no Guia Orientador de Atendimento e Seguimento das Crianças com Suspeita ou Diagnóstico de Covid-19 na Atenção Primária de Saúde do Estado de Goiás, documento produzido pela equipe de pediatria e encaminhado aos profissionais.

Esse foi o quarto encontro realizado neste mês, direcionado, desta vez, aos servidores que atuam na Macrorregião Centro Sudoeste de saúde do Estado. Aproximadamente 110 profissionais receberam informações valiosas sobre o contexto da doença em criança. Somando todos as capacitações, cerca de 600 servidores receberam a qualificação profissional.

O evento foi idealizado diante de dúvidas dos profissionais sobre a evolução da Covid-19 em crianças e a correta condução do atendimento nessa faixa etária. Pesquisa realizada nos EUA aponta que aproximadamente 26% das internações pela doença naquele país ocorrem em crianças. Há ainda registros que cerca de 10% do público infantil precisa de atendimento hospitalar. Como existem poucas informações e dúvidas, a capacitação é um importante passo para qualificar o atendimento.

Os pediatras da SES-GO falaram sobre as medidas gerais de atendimento, como o manejo terapêutico, dependendo da gravidade do caso; incubação e transmissão, monitoramento clínico, teleatendimento, notificação, isolamento domiciliar, entre outras informações. A falta de vacina para crianças torna esse grupo vulnerável para a doença, fazendo das capacitações valiosas e responsáveis por salvar muitas vidas.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Publicações em Alta

Após nova onda de Covid-19, Prefeitura de Caldas Novas endurece medidas de contágio da doença

Meio Ambiente leva audiências de autocomposição para Itumbiara

Caminhão da Saúde oferece consulta médica e exames de imagem gratuitos em Piracanjuba, neste fim de semana

Prefeitura e Câmara se unem em Caldas Novas e consolidam parceria para construção de Hospital Evangélico no município