No Banner to display

domingo, 26 de maio de 2024

domingo, 26 de maio de 2024

No Banner to display

Hospital Estadual da Mulher promove mutirão para oferecer exames de ecocardiograma fetal

Ação será realizada na próxima sexta-feira (10/05), no Dia F da atenção à saúde cardiovascular do feto

Governo de Goiás faz mutirão de exames de ecocardiograma fetal. Rápido, indolor e seguro, procedimento permite fazer a detecção precoce de diversas condições durante a gestação

O Hospital Estadual da Mulher Dr. Jurandir do Nascimento (Hemu), promove, na próxima sexta-feira (10/05), das 8h às 18h, um mutirão para realizar exames de ecocardiograma fetal. Intitulado Dia F da atenção à saúde cardiovascular do feto, o evento da unidade do Governo de Goiás prevê a oferta de 150 vagas para gestantes de alto risco a partir de 23 semanas de gravidez. Rápido, indolor e seguro para a saúde da mãe e do feto, o ecocardiograma fetal permite fazer a detecção precoce de diversas condições durante a gestação.

Por meio de imagem, o ecofetal fornece informações detalhadas sobre o desenvolvimento do feto, especialmente em relação ao coração, ao apresentar válvulas cardíacas e músculos do bebê, permitindo ao profissional avaliar o estado de saúde do coração em seus estágios iniciais de formação, identificando, por exemplo aspectos como a movimentação e o fluxo sanguíneo, que são dados valiosos para a análise do desenvolvimento fetal.

Cardiologista pediatra do Hemu, Mayra Barreto explica que o exame permite aos médicos avaliarem a anatomia do coração do bebê, o ritmo e a frequência dos batimentos cardíacos. Dessa forma, é possível identificar precocemente cardiopatias congênitas, anomalias e malformações cardíacas. Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 29 mil crianças nascem com cardiopatia congênita por ano no Brasil. Dessas, cerca de 23 mil precisarão de cirurgia para tratar o problema.

“O objetivo principal é realizar um diagnóstico precoce, possibilitando uma melhor condução do acompanhamento da gestação, possibilitando que a equipe médica planeje e prepare o parto de forma adequada, garantindo a melhor assistência possível tanto para a mãe quanto para o bebê”, ressalta a diretora técnica do Hemu, Cristiane Carvalho.

Para atender à demanda no dia do mutirão – realizado em parceria com as Sociedades Goiana de Pediatria e Brasileira de Cardiologia e empresas privadas –, o Hemu vai colocar quatro salas e oito cardiologistas pediatras à disposição das pacientes. As gestantes interessadas em realizar o exame podem se inscrever pelo número (62) 3956-2939.

Foto: SES-GO e Freepik

Secretaria de Estado da Saúde – Governo de Goiás

Publicações em Alta

PIB de Goiás cresce 4,4% em 2023 e fica acima da média nacional

Polícia Civil prende autor de homicídio e dupla tentativa de homicídio em Caldas Novas

Vereador Everton Jamal leva projeto “Gabinete Itinerante” aos bairros de Caldas Novas

Equatorial Goiás troca 200 chuveiros em Morrinhos