No Banner to display

terça-feira, 18 de junho de 2024

terça-feira, 18 de junho de 2024

No Banner to display

Goiânia é segunda capital que mais desaprova o governo Lula, aponta Paraná Pesquisa

A má avaliação da gestão petista é maior em Porto Velho (RO); apenas Salvado, Teresina e Recife registram bons índices.

Presidente Lula é mal avaliado em Goiânia | Foto: divulgação/Gov

A gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi desaprovada por 59,1% dos goianienses, segundo os dados da Paraná Pesquisa. O levantamento foi divulgado na terça-feira, 7. O índice negativo do petista aumentou 2,6% em relação à última pesquisa do instituto feita em julho de 2023, quando ele aparecia com 56,5%.

A aprovação da administração de Lula em Goiânia foi de 36,5%, ante 39,7%, do ano passado. O recuou atingiu 3,2%. A reprovação do presidente só não é a maior entre os moradores de Porto Velho. Lá, a desaprovação é de 60,6%. Por outro lado, a aprovação de Lula é maior em Salvador, onde o petista aparece com 67%. Na sequência, Lula é bem colocado em Teresina (65%) e Recife (62,6%), de acordo com informações da Revista Veja.

Na capital goiana, a taxa de rejeição a Lula é mais acentuada entre os homens. Nesse público, o índice chega a 65%. A administração do PT é desaprovada ainda por pessoas entre 35 a 44 anos e com ensino superior. Acerca de dados positivos, apenas 8,7% dos entrevistados consideram o governo Lula como ótimo, enquanto 39,7% o classificam como “péssimo”.

Transferência de votos

De acordo com o levantamento, a percepção do eleitorado sobre o governo federal reflete diretamente na decisão eleitoral deste ano. Com isso, Lula aparece como aquele que teria menos capacidade de transferência de votos, se comparado ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e ao governador Ronaldo Caiado (UB). Qualquer indicado do presidente é recusado por expressivos 57,5%, 22,1% disseram que “poderiam votar”  e apenas 17,1% afirmaram que dariam seu voto por influência do petista.

Por outro lado, Bolsonaro (PL) surge como forte cabo eleitoral, cujo apoio orientaria o voto de 32,9% dos entrevistados, os quais afirmaram que “com certeza votariam” em um candidato indicado por ele nas eleições deste ano. Já o governador Ronaldo Caiado  influenciaria o voto de 30,7% dos residentes de Goiânia.

Os resultados da pesquisa evidenciam os altos índices de aprovação do governador no estado, com 81,9% dos moradores da capital aprovando sua gestão. No aspecto qualitativo, apenas 8,4% dos entrevistados caracterizam a administração de Caiado como “ruim” ou “péssima”. Cabe ressaltar, que Bolsonaro está inelegível, e Caiado tem se posicionado como herdeiro do bolsonarismo e articular para disputar a Presidência da República.

FONTE: JORNAL OPÇÃO

Publicações em Alta

Polícia Civil prende autor de homicídio e dupla tentativa de homicídio em Caldas Novas

UEG conquista medalhas nos JUGs 2023

Equatorial Goiás troca 200 chuveiros em Morrinhos

Governo vai ampliar o Bolsa Estudo