No Banner to display

quarta-feira, 24 de julho de 2024

quarta-feira, 24 de julho de 2024

No Banner to display

Caiado inicia agenda com prefeitos pela reeleição de Bolsonaro

Pela manutenção da parceria entre os governos estadual e federal, o governador Ronaldo Caiado reuniu 52 prefeitos nesta terça-feira (11/10), em Goiânia, e pediu engajamento dos gestores na campanha presidencial.

Lembrando o resultado das urnas em Goiás, que deu ampla vitória a Jair Bolsonaro (PL) no 1º turno da eleição para presidência da República – 52,16% dos votos contra 39,51% para Lula (PT) –, o governador Ronaldo Caiado (União Brasil) iniciou nesta terça-feira (11/10) uma série de reuniões com prefeitos goianos para pedir engajamento na campanha pela reeleição de Bolsonaro. O encontro de hoje foi realizado em três rodadas, somando 52 prefeitos presentes no comitê do candidato, no Park Lozandes, em Goiânia.

“Temos quase 240 prefeitos que nos apoiam em todo o Estado. Essa liderança foi movimentada no 1º turno muito mais em prol de deputados estaduais e federais, e também para o governo do Estado. Não mobilizamos tanto para a campanha de presidente da República, o que vamos fazer agora no 2º turno”, afirmou Caiado.

A reunião contou com a presença do senador eleito por Goiás Wilder Morais e também do deputado federal eleito Gustavo Gayer, ambos do PL. Caiado reforçou que a continuidade do governo de Bolsonaro significa também a manutenção da parceria com o governo de Goiás em projetos e investimentos importantes para o Estado.

O governador lembrou a política de consolidação da propriedade de terra em assentamentos rurais, praticada pelo governo de Bolsonaro, que levou dignidade a 3,3 mil famílias do município de Flores de Goiás, que ganharam o título de proprietários da área onde moram. “Aos prefeitos, cabe mostrar que torná-los dono da terra é um objetivo desse governo e que essa política será continuada”, orientou Caiado.

Investimentos em rodovias federais nos trechos goianos, repasses orçamentários que permitem ações do governo estadual em prol da população e a adesão ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF), autorizado pelo presidente Jair Bolsonaro para Goiás, por meio do qual foi possível retomar o equilíbrio fiscal do Estado, são exemplos da parceria entre os governos de Caiado e Bolsonaro em prol do desenvolvimento de Goiás.

A parceria entre os governos federal e estadual também foi demonstrada na doação de um terreno que pertencia à União, em Goiânia, para a construção de um hospital estadual de referência para o tratamento de câncer. A obra é uma das principais propostas para o segundo mandato de Caiado.

*Aumentar vantagem*
“O presidente teve 5% menos de votos nesse 1º turno do que conquistou em 2018, aqui em Goiás. Com essa capilaridade, por meio de prefeitos e vereadores, vamos reverter isso e atingir um porcentual ainda maior para a reeleição de Bolsonaro”, defendeu Caiado. A tese foi defendida também por Wilder Morais: “Vamos buscar mais um milhão de votos para o presidente. Agradeço ao governador por entrar nessa campanha conosco e a cada um de vocês, prefeitos”.

Entre os prefeitos, Delegado Cristiomário (PL), de Planaltina de Goiás, reforçou que o movimento das lideranças municipais irá contribuir com o aumento de votos para Bolsonaro em Goiás. “No 1º turno, o eleitor decidiu o voto praticamente sozinho, sem ouvir nenhum argumento. Agora nós vamos fazer chegar a ele que a melhor opção para os municípios e para o País é continuar com Bolsonaro”, frisou.

Publicações em Alta

Polícia Civil prende autor de homicídio e dupla tentativa de homicídio em Caldas Novas

Equatorial Goiás troca 200 chuveiros em Morrinhos

Detran disponibiliza Disque-Guincho para remoção de veículos

Prefeitura de Caldas Novas espera receber 150 mil pessoas no Feriado de Tiradentes

No Banner to display