sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

Velocistas que vão para o Troféu Brasil fecham treino com ventilometria

A delegação de Goiás embarcou nesta terça-feira (8) para São Paulo, onde será realizado o Troféu Brasil de Atletismo, entre os dias 10 e 13 de junho.

O objetivo da avaliação é ter resultados mais específicos relacionados à modalidade. Desta forma, determina-se quanto tempo de descanso o atleta precisa entre um tiro e outro, em cada sessão de treinamento, com mais precisão (Foto: Seel)

A delegação de Goiás embarcou nesta terça-feira (8) para São Paulo, onde será realizado o Troféu Brasil de Atletismo, entre os dias 10 e 13 de junho. Os competidores contam com o apoio do Governo de Goiás, através da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer, para a disputa do campeonato mais importante da modalidade no país.

Os atletas terão como suporte o apoio logístico com o transporte para São Paulo, e puderam intensificar a preparação para o Troféu Brasil com a liberação da pista de atletismo do Estádio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira para treinamentos. Na última semana, corredores da equipe Gaarra fizeram uma avaliação de ventilometria, que vai ajudar com a análise de dados na semana de véspera da competição.

O trabalho foi feito em parceria com os pesquisadores Daniel Tavares, Igor Cesário e Caio Teles. O objetivo da avaliação é ter resultados mais específicos relacionados à modalidade, usando esses números na carga de treinamento e descanso.

“A gente tinha uma lacuna em saber o que acontece com o atleta dentro da modalidade dele, sendo que ele só era avaliado em laboratório. Hoje nós podemos avaliar o atleta em sua atividade específica, em momentos de treinamento e competições”, explicou Daniel, que vem desenvolvendo a pesquisa nessa área desde 2014.

O profissional também destacou os parâmetros que podem ser observados durante o processo de avaliação. “Conseguimos identificar pontos de fadiga respiratória, limiares ventilatórios e tempo de recuperação do atleta. Desta forma conseguimos determinar quanto tempo de descanso o atleta precisa entre um tiro e outro, em cada sessão de treinamento, com muito mais precisão”, detalhou.

A delegação goiana conta com 26 atletas para disputa do Troféu Brasil, além do staff completado por treinadores e nutricionistas, contabilizando 35 pessoas no total.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Publicações em Alta

Olimpíada de Tóquio: COB apresenta uniformes oficiais do Time Brasil

UEG publica edital de concurso para contratação de 94 professores

Clima impacta segunda safra em Goiás

Caldas Novas adia Carnaval fora de época para maio