No Banner to display

domingo, 22 de maio de 2022

domingo, 22 de maio de 2022

No Banner to display

São Paulo intensifica conversas por Calleri e tenta convencer clube uruguaio e atleta com projeto

Veja como está a negociação da diretoria do Tricolor pelo atacante argentino

Jonathan Calleri no São Paulo, em 2016 — Foto: AFP

São Paulo intensificou as conversas para contratar Jonathan Calleri nesta temporada. Desde o início dos contatos, a diretoria do Tricolor teve três reuniões com representantes do atleta e com o Deportivo Maldonado, clube do Uruguai que detém os direitos econômicos do atacante.

Para repatriar Calleri, o São Paulo precisa alinhar com o Deportivo Maldonado a compra dos direitos econômicos. O jogaor, que nunca atuou pelo time uruguaio, ainda tem mais um ano e meio de contrato e atualmente está vinculado a ele após deixar o Osasuna, da Espanha.

Por outro lado, o Tricolor também tem o desafio de convencer Calleri e seus representantes de que retornar ao Brasil, que seja por seis meses, pode ser uma boa alavancada em sua carreira. Neste momento, o desejo do jogador e dos próprios empresários é a permanência na Europa.

Toda essa negociação, entretanto, passa pelo lado financeiro. O São Paulo ainda vive crise nas finanças, com uma dívida avaliada em quase R$ 600 milhões e recentemente contraiu empréstimos bancários que chegam a R$ 150 milhões. Para contratar Calleri não será possível um alto investimento.

O clube já apresentou a situação a Calleri e a seus representantes, deixando claro as condições e a realidade que o São Paulo se encontra neste momento.

Caso haja uma resposta positiva do lado do atleta demonstrando o desejo de avançar ainda mais na negociação, o Tricolor irá mandar uma proposta com valores.

Nas últimas temporadas, após deixar o São Paulo, o jogador de 27 anos defendeu o West Ham, da Inglaterra, e Las Palmas, Alavés, Espanyol e Osasuna, todos da Espanha. Um dos trunfos do Tricolor é mostrar para Calleri que, caso fique seis meses, ele pode conseguir um contrato com um clube maior da Europa.

Jonathan Calleri ganhou a idolatria da torcida do São Paulo em uma passagem meteórica em 2016, quando foi o destaque do time semifinalista da Libertadores. Em seis meses, fez 16 gols em 31 jogos.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Publicações em Alta

Governador Ronaldo Caiado e primeira-dama, Gracinha Caiado, lançam Goiás Social, programa de ajuda a famílias em situação de vulnerabilidade em todas regiões do Estado

Prefeitura de Rio Quente firma parceria com a Polícia Militar de Goiás

Goiás gerou mais de 170 mil empregos desde janeiro de 2019

Caiado apresenta projeto de fomento e incubação de cooperativas sociais