No Banner to display

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Parceria garante videoaulas para alunos da rede estadual

Ao todo, o Senac/Goiás ofertará 20 horas/aula de Língua Portuguesa, 20 horas/aula de Produção de Texto, e 20 horas/aula de Matemática, ministradas pelos professores Carlos André Pereira Nunes e José Carlos.

As videoaulas gratuitas são nas áreas de Língua Portuguesa, Produção de Textos e Matemática. A previsão é que o projeto comece a ser implementado nas escolas da rede na semana que vem

Uma parceria inédita entre o Governo de Goiás, através da Secretaria da Educação de Goiás (Seduc) e o Senac/Goiás disponibilizará videoaulas gratuitas nas áreas de Língua Portuguesa, Produção de Textos e Matemática para estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental e da 3ª série do Ensino Médio.

Ao todo, o Senac/Goiás ofertará 20 horas/aula de Língua Portuguesa, 20 horas/aula de Produção de Texto, e 20 horas/aula de Matemática, ministradas pelos professores Carlos André Pereira Nunes e José Carlos. Os conteúdos integrarão o currículo escolar das etapas de ensino beneficiadas, atendendo às disciplinas de Estudo Orientado no Ensino Fundamental e as disciplinas eletivas no Ensino Médio.

“Essa proposta vai trazer uma possibilidade de nivelamento e aprimoramento da aprendizagem nas disciplinas de Português e Matemática do 9º ano do Fundamental e 3ª série do Ensino Médio”, afirmou a secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli.

De acordo com ela, por meio dessas videoaulas será possível identificar os conteúdos que não foram apreendidos durante o regime de aulas não presenciais e que precisam ser revisados ou reapresentados.

Além de contribuir para o aprimoramento do aprendizado, o projeto auxiliará na preparação dos estudantes para as provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica), realizadas pelos estudantes dessas etapas de ensino.

“É uma metodologia que vem sendo utilizada e tem surtido resultado, tanto no Instituto Carlos André como em diversas outras escolas no Brasil inteiro, e que vai ser disponibilizada para toda a rede, com uma metodologia focada no Enem e no Saeb”, destacou o diretor regional do Senac/Goiás, Leopoldo Veiga Jardim.

Segundo ele, a ideia é que o projeto possa “contribuir para que Goiás se mantenha no topo”, reunindo professores de renome nas áreas e que contribuem para o fortalecimento da Educação em Goiás.

A previsão é que o projeto comece a ser implementado nas escolas da rede estadual a partir da próxima semana e esteja em pleno funcionamento até o dia 13 de setembro.

Incentivos
As escolas e equipes participantes do projeto receberão incentivos pela execução das ações nas escolas. Para serem premiadas, as equipes deverão realizar um levantamento dos estudantes que estejam acompanhando as aulas, identificando aqueles regularmente matriculados na rede estadual e que apresentam renda de até dois salários mínimos.

Os gestores e coordenadores escolares que realizarem o levantamento documental de 80% dos alunos participantes serão beneficiados com uma diária em hotel da rede Sesc/Senac em Caldas Novas ou em Pirenópolis.

Já as escolas que atingirem 80% na realização do levantamento receberão dois vouchers de diárias nos hotéis de Caldas Novas e Pirenópolis; 2 vouchers de 1 ano para a realização de cursos de inglês; 2 vouchers para cursos de formação inicial e continuada ofertados pelo Senac e 1 ano de acesso à Biblioteca virtual da instituição.

Os prêmios deverão ser sorteados entre os servidores da instituição diretamente envolvidos no projeto e poderão ser usufruídos em um período de até 1 ano.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Últimas notícias

Em dia histórico, Governo do Estado assume gestão e regulação dos hospitais próprios, em Goiânia

Governador Ronaldo Caiado inicia entrega de 250 mil cestas básicas, em Goiânia, e cumpre agenda em Mara Rosa, nesta sexta-feira (17/09)

Em Montes Claros de Goiás, Caiado participa, ao lado do ministro da Infraestrutura, de entrega da restauração da BR-070

Caldas Novas vacina adolescentes de 12 a 17 anos com deficiência permanente e aplica terceira dose em idosos