quinta-feira, 30 de junho de 2022

quinta-feira, 30 de junho de 2022

Governo de Goiás repassa R$ 3 mi para escolas rurais e de ensino especial

Ao todo, 30 unidades receberam o repasse.

Governo de Goiás investe na reforma de escolas rurais e de ensino especial. Repasse de R$ 3 milhões vai beneficiar 30 unidades (Foto: Seduc-GO)

O Governo de Goiás realizou o repasse de R$ 3 milhões em recursos do programa Reformar para a melhoria na estrutura de Escolas Família Agrícola (EFAs) e instituições de educação especial conveniadas à rede estadual de ensino.

Dentre os beneficiados está o Centro Educacional Professor Anísio Teixeira, da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Goiânia (Apae Goiânia), que sediou a cerimônia de entrega das ordens de pagamento. A instituição recebeu o valor de R$100 mil a ser aplicado em obras de reforma, ampliação e revitalização do prédio.

“Nós estamos aqui para fazer a diferença e ajudar a quem mais precisa”, evidenciou a secretária de Educação, Fátima Gavioli, durante a cerimônia. De acordo com ela, os repasses para as EFAs e instituições de educação especial refletem o cuidado do Governo de Goiás com os públicos dessas modalidades de ensino e demonstram o desejo em tratar com equidade as escolas regulares e escolas conveniadas.

Para a presidente da Federação das Apaes do Estado de Goiás (Feapaes-GO), Carmem Marize Lima, o apoio e a proximidade entre Estado e entidades filantrópicas de escolarização especial têm sido motivo de alegria. “Nos remete à ideia de reconhecimento dessa Secretaria aos serviços prestados pelas APAEs na área da Educação”, afirmou.

EFAs

Além das escolas especiais, a ação atende às Escolas Família Agrícola (EFAs), que atendem estudantes da zona rural. Uma das beneficiadas foi a Escola Família Agrícola de Orizona, que atende 94 estudantes de Ensino Médio na região. De acordo com o gestor Ézio Fernandes Canedo, a instituição, construída de forma comunitária há 23 anos, aguarda ansiosamente o novo repasse para a realização de melhorias na infraestrutura.

“Com os recursos dos convênios que foram firmados com a Seduc, está se abrindo essa possibilidade de a gente poder reformar esse prédio, construído há 23 anos. A gente quer uma cozinha boa, reformada, com um refeitório bom para esses estudantes”, conta.

Repasse anterior

Esse é o segundo repasse que o Governo de Goiás realiza às EFAs e entidades filantrópicas de educação especial. No ano passado, foram repassados R$ 296.760,00 do Pró-Escola para 21 instituições de ensino dos municípios de Orizona, Goiás, Uirapuru, Anápolis, Ceres, Formosa, Goianésia, Jaraguá, Goiânia, Itumbiara, Caçu, Luziânia, Mineiros, Piranhas, Porangatu, São Miguel do Araguaia, Catalão, Piracanjuba, Ipameri e Rio Verde.

À época, o governador Ronaldo Caiado também fez a entrega de 50 chromebooks para os alunos do 3º ano das Escolas Famílias Agrícolas e de quatro dispositivos de leitura inteligente para estudantes com cegueira ou baixa visão da rede municipal de Goiânia. “Não tem nenhuma semelhança entre o que se tinha antigamente e o que temos hoje. É outro mundo, outra realidade”, disse.

Presenças

Estiveram presentes o assessor especial da Governadoria, Lívio Luciano; o presidente da Apae de Goiânia, Albanir Pereira Santana; o vice-presidente do Conselho Estadual de Educação, Jaime Ricardo; o reitor da Universidade Estadual de Educação, Antônio Cruvinel; o presidente da Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência da OAB-GO, Dr. Hebert Batista Alves; o conselheiro Eduardo Vieira Mesquita; o prefeito de Uirapuru, Elivan Carreiro; o deputado estadual Charles Bento; vereadores, superintendentes, coordenadores regionais de Educação, pais e estudantes.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Publicações em Alta

Decreto formaliza o novo Coíndice

Com 23.270 novos CNPJs, Goiás bate recorde em abertura de empresas de janeiro a agosto de 2021, melhor resultado dos últimos cinco anos

Cavalhadas em Pirenópolis serão realizadas em junho

Aprendiz do Futuro contrata cinco mil jovens em todo o Estado