No Banner to display

domingo, 26 de maio de 2024

domingo, 26 de maio de 2024

No Banner to display

Goiás Social e OVG divulgam edital para seleção de quatro mil novos beneficiários do ProBem

Para concorrer ao benefício do ProBem, é necessário que o candidato esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e possua vaga na Instituição de Ensino Superior (IES) em curso presencial

Edital para mais quatro mil novos beneficiários do ProBem já está disponível no site da OVG

Documento com todas as datas e requisitos para a inscrição no Programa Universitário do Bem para o semestre 2024/2 deve ser acessado no site da OVG (ovg.org.br/probem). Inscrições deverão ser realizadas de forma on-line, sem nenhum custo, entre os dias 24 de junho e 5 de julho

O Governo do Estado, por meio do Goiás Social e da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), divulgou o edital de seleção para novos bolsistas do Programa Universitário do Bem (ProBem) para o semestre 2024/2, com início no próximo mês de julho. Ao todo, quatro mil benefícios serão disponibilizados para estudantes em situação de vulnerabilidade social de todo o estado, sendo três mil parciais e mil integrais.

O edital, disponibilizado com antecedência para que os futuros beneficiários do ProBem possam se organizar quanto aos requisitos do programa, já pode ser acessado no site da OVG (ovg.org.br/probem). As inscrições deverão ser realizadas entre os dias 24 de junho e 5 de julho, também pelo site, e a divulgação dos classificados está prevista para o dia 15/07. Os estudantes contemplados vão receber o benefício no segundo semestre deste ano (2024/2), incluindo o valor da matrícula.

“É muito importante que divulguemos o edital do ProBem com esse tempo de antecedência, porque sabemos que esses jovens que se encontram em vulnerabilidade social e que têm o sonho de se formar numa universidade precisam de tempo para se organizar e não perder nenhum prazo. Como o governador Ronaldo Caiado costuma dizer, esse é um governo para todos e que não deixa ninguém para trás, por isso temos esse cuidado”, destacou a presidente de honra da OVG e coordenadora do Goiás Social, primeira-dama Gracinha Caiado.

Benefício
Para concorrer ao benefício do ProBem, é necessário que o candidato esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e possua vaga na Instituição de Ensino Superior (IES) em curso presencial, além de residir em Goiás e estar na primeira graduação.

A seleção dos beneficiários é realizada a partir de análise multidimensional de vulnerabilidades socioeconômicas. Para tanto, é utilizado o Índice Multidimensional de Carências das Famílias Ampliado (IMCF-A), construído com base nas diversas vulnerabilidades das famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico).

De acordo com Gracinha Caiado, a utilização destes dados garante que o benefício seja concedido a pessoas que realmente precisam. “O ProBem é para aquelas famílias que sonham em estudar e não têm como pagar as mensalidades. Para que essas pessoas sejam beneficiadas de forma justa e transparente, usamos IMCF-A, de acordo com os dados do CadÚnico. É assim que temos a certeza de que o benefício é destinado a quem realmente precisa”, frisou.

Das quatro mil bolsas ofertadas, mil serão integrais e três mil parciais. As bolsas parciais correspondem a 50% do valor da mensalidade, limitado a R$ 650. Já as integrais correspondem a 100% do valor da mensalidade, limitado a R$ 1.500. As bolsas concedidas aos estudantes que cursam Medicina ou Odontologia têm limites maiores, R$ 2.900 para o benefício parcial e R$ 5.800 para o benefício integral.

Foto: Aline Cabral

Organização das Voluntárias de Goiás – Governo de Goiás

Publicações em Alta

PIB de Goiás cresce 4,4% em 2023 e fica acima da média nacional

Polícia Civil prende autor de homicídio e dupla tentativa de homicídio em Caldas Novas

Vereador Everton Jamal leva projeto “Gabinete Itinerante” aos bairros de Caldas Novas

Equatorial Goiás troca 200 chuveiros em Morrinhos