No Banner to display

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

Goiana disputa vaga para as Olimpíadas Internacionais de Química

A estudante Vitória Ester Silva Oliveira, do CEPMG José de Alencar, em Novo Gama, é a única representante dos colégios militares de Goiás selecionada na segunda fase da Olimpíada Brasileira de Química (OBQ), de 2021.

Vitória Ester Silva Oliveira tem 15 anos, é aluna da 1ª série do ensino médio e se classificou em 30º lugar na etapa nacional (Foto: Seduc)

A estudante Vitória Ester Silva Oliveira, do CEPMG José de Alencar, em Novo Gama, é a única representante dos colégios militares de Goiás selecionada na segunda fase da Olimpíada Brasileira de Química (OBQ), de 2021. Vitória tem 15 anos, é aluna da 1ª série do ensino médio e se classificou em 30º lugar na etapa nacional, disputando com quase mil alunos de todos os Estados brasileiros.

Agora, a jovem se prepara para a próxima etapa da olimpíada e, se for aprovada, será uma das representantes do Brasil na fase internacional da competição. Vitória Ester afirma que, durante as duas etapas das olimpíadas, o apoio do professor de Química, Luiz Fernando, foi decisivo. “Ele fez uma videoaula de duas horas e meia explicando os conteúdos e foi acompanhando de perto a minha preparação”, comenta ela.

Segundo ela, o professor Luiz Fernando também foi o responsável por chamar a sua atenção para a olimpíada. “Ele divulgou esta edição no colégio e pediu que os alunos participassem. Aí eu decidi participar”, conta Vitória Ester.

A estudante diz que está bem otimista para a última fase da olimpíada, espera tirar uma boa nota e ser selecionada para a etapa internacional. A jovem também elogia a instituição de ensino onde cursa o ensino médio. Para ela, o CEPMG “é tudo”, pois foi lá que ela alcançou grandes conquistas.

Química e Direito

Apesar do excelente desempenho em Química, a garota pretende seguir uma carreira profissional bem diferente. Por agora, pretende fazer um curso de Gestão Administrativa e, ao concluir o ensino médio, quer entrar em uma faculdade de Direito.

O diretor do CEPMG José de Alencar, coronel Gileno, destaca que o fato de a Vitória Ester ser a única representante dos colégios militares de Goiás na etapa nacional da competição é motivo de muito orgulho para os CEPMGs e, principalmente, para o Estado de Goiás, que hoje ocupa o primeiro lugar no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) do país.

“Sabemos ser necessário muita dedicação para chegar aonde ela chegou até agora, mas isso também mostra que nosso trabalho na arte de ensinar não está sendo em vão”, comenta o diretor, que faz questão de lembrar que o CEPMG José de Alencar atende uma demanda de alunos de uma região bastante vulnerável do ponto de vista socioeconômico.

Destaques do CEPMG

O CEPMG José de Alencar também teve outros três alunos do Ensino Médio que foram destaque na etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Química. São eles Gabriela Oliveira Silva (2º ano), classificada em 35º lugar; Ryan Douglas dos Santos Cunha (2º ano), em 64º lugar; e Gabriele de Jesus Andrade (1º ano), em 92º.

Sobre a Olimpíada

A Olimpíada Brasileira de Química (OBQ) tem como objetivos mais amplos descobrir jovens com talento e aptidões para o estudo da Química, estimulando a curiosidade científica e incentivando-os a se tornarem futuros profissionais da área e incentivar na população jovem o interesse para o estudo desta ciência, e permitir aos estudantes aplicar seus conhecimentos e suas habilidades em um espírito olímpico.

A competição é dividida em duas modalidades. Da modalidade A participam alunos da 1ª e 2ª série do ensino médio e da modalidade B, estudantes da 3ª série. As modalidades diferem principalmente em conteúdos cobrados.

Na modalidade A, dividida em três fases, os participantes competem por vagas na delegação brasileira que representará o Brasil nas Olimpíadas Internacionais de Química.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Publicações em Alta

Goiana disputa vaga para as Olimpíadas Internacionais de Química

Jogos Abertos classificam mais equipes para fase regional

Hugol tem confirmada manutenção de sua certificação ONA 2

Prefeitura de Caldas Novas não realizará eventos de fim de ano