No Banner to display

quarta-feira, 18 de maio de 2022

quarta-feira, 18 de maio de 2022

Escolas estaduais realizam acolhida aos estudantes em retomada às aulas presenciais

Profissionais da Educação e estudantes da rede pública estadual de ensino de Goiás retornaram às salas de aula nesta segunda-feira (2/8).

Segundo o determinado pelas autoridades de saúde, a ocupação fica restrita a até 50% da capacidade das unidades escolares (Foto: Seduc- GO)

Profissionais da Educação e estudantes da rede pública estadual de ensino de Goiás retornaram às salas de aula nesta segunda-feira (2/8). O retorno marca a retomada das atividades presenciais nas escolas estaduais em todo o estado, realizada conforme as deliberações do Centro de Operações de Emergências (COE) em Saúde Pública de Goiás para Enfrentamento ao Coronavírus.

Segundo o determinado pelas autoridades de saúde, a ocupação fica restrita a até 50% da capacidade das unidades escolares. Em razão disso, as aulas na rede estadual serão realizadas de forma híbrida, com revezamento quinzenal entre os alunos, priorizando o atendimento presencial de estudantes sem acesso à Internet, com dificuldades de aprendizagem e em vulnerabilidade social.

Acolhida

Quem compareceu no Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Dom Abel – SU nesta segunda-feira (2/8) foi recebido com uma série de medidas de prevenção à Covid-19. Além do dispenser de álcool em gel e da aferição de temperatura, cartazes e sinalizações no piso alertam equipes e alunos sobre os cuidados a serem adotados durante a permanência dos estudantes na escola.

 

Volta as aulas- acolhida 3

Durante a cerimônia de acolhida, realizada por professores e equipe gestora, os alunos de Ensino Fundamental matriculados na unidade foram surpreendidos com a participação da secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli.

Na oportunidade, a secretária reforçou a necessidade dos cuidados com a biossegurança durante todo o período escolar, que incluem a manutenção do distanciamento social e o uso obrigatório das máscaras de proteção individual. Ela ainda assegurou as altas expectativas para o retorno das aulas presenciais.

“Por tudo que foi investido, mais de R$ 1 bilhão em reformas e aquisições de equipamentos; por todas as formações e pelo diálogo, pela forma que nós estamos demonstrando que é possível, estamos bem otimistas”, afirmou Gavioli durante a visita na unidade.

Além do Cepi Dom Abel – SU, em Goiânia, a secretária acompanhou a retomada das aulas em outras duas unidades escolares da rede estadual localizadas em Aparecida de Goiânia: Centro de Ensino em Período Integral Michelle do Prado Rodrigues e Colégio Estadual Maria de Fátima Santana.

Nesta última escola, a visita resultou em uma boa notícia para a comunidade escolar, que foi surpreendida pelo anúncio da assinatura de uma ordem de serviço para a construção de uma nova cozinha e refeitório no valor de R$ 330 mil.

“Vamos construir uma nova escola aqui que não seja de placa. O projeto já está na secretaria, mas não tem como esperar. Por isso, hoje, eu passo aqui uma ordem de serviço para a construção da cozinha e do refeitório”, concluiu a secretária, reforçando o compromisso do Governo de Goiás em acabar com as escolas de placa em todo o Estado.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Publicações em Alta

Governo de Goiás inicia campanha para oferecer R$ 46,7 milhões em linhas de crédito para empresários do setor de turismo

Prefeitura de Rio Quente envia projeto à Câmara com reajuste de 20,64% no salário dos servidores

O Boticário celebra Dia dos Namorados com kits personalizados com estampas exclusivas

Governador Ronaldo Caiado e primeira-dama, Gracinha Caiado, lançam Goiás Social, programa de ajuda a famílias em situação de vulnerabilidade em todas regiões do Estado