No Banner to display

terça-feira, 18 de junho de 2024

terça-feira, 18 de junho de 2024

No Banner to display

Alunos de escolas estaduais participam de aulões preparatórios para o Enem

Mais de 7 mil estudantes da rede pública de ensino, de 13 regionais da Educação Estadual, participaram presencialmente de aulões preparatórios do programa Onda Goiás Bem no Enem, neste segundo semestre de 2023.

O projeto, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc/GO), será realizado agora em outras 12 regionais.

A iniciativa integra as ações do programa Goiás Bem no Enem, que tem o objetivo de revisar conteúdos e passar orientações, informações e dicas que contribuam para o ingresso dos estudantes no ensino superior, além de motivar e engajar os jovens a realizarem o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Para reunir os alunos presencialmente, a Seduc/GO promove encontros nas regionais de Educação e convida as unidades escolares dos municípios próximos para participarem. Desde agosto, já foram realizados encontros nas cidades de Jataí, Caldas Novas, Morrinhos, Goianésia, Jussara, Palmeiras, Anápolis, Itumbiara, Pirenópolis, Aragarças, São Miguel do Araguaia, Silvânia, Luziânia, Itumbiara e São Luís de Montes Belos.

INCENTIVO DOS AULÕES PREPARATÓRIOS

Uma das escolas participantes do encontro Onda Goiás Bem no Enem, promovido em Caldas Novas, foi o Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Dom Pedro II. De acordo com o gestor da unidade escolar, José Neto de Oliveira, cerca de mil alunos participaram do evento.

Ele conta que os alunos ficaram encantados com o potencial informativo e motivacional dos profissionais, o que permitiu que eles manifestassem interesses diversos.

“Aos estudantes, foram oportunizados conhecimentos sobre as formas de acesso, materiais de estudo e orientações privilegiadas para os vestibulares. O evento foi muito significativo, pois auxilia nas escolhas futuras desses jovens”, afirma o gestor.

Para o estudante Nicolas Borges, da 3ª série do ensino médio do Cepi Dom Pedro II, o evento foi uma forma de conhecer diferentes áreas de atuação e universidades que ainda não conhecia.

“Eu já estou na 3ª série do ensino médio e confesso que, com o incentivo que recebi no encontro, eu me senti mais motivado a estudar. Essa era uma oportunidade realmente necessária”, destaca.

Nicolas está estudando para o Enem e, com as aulas focadas em conteúdos específicos para o exame, ele conta que é mais fácil organizar e separar o tempo de estudos.

“No momento eu tenho em mente o curso de Engenharia da Computação, mas posso dizer que o que me ajudou a decidir foram os encontros”, afirmou o estudante.

 

Publicações em Alta

Polícia Civil prende autor de homicídio e dupla tentativa de homicídio em Caldas Novas

UEG conquista medalhas nos JUGs 2023

Governo vai ampliar o Bolsa Estudo

Equatorial Goiás troca 200 chuveiros em Morrinhos