No Banner to display

domingo, 19 de maio de 2024

domingo, 19 de maio de 2024

No Banner to display

Alunos da rede estadual começam a receber tablets e chips com internet

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) entregou, nesta quarta-feira (31/05), cerca de 2 mil chips e 140 tablets para alunos de Caldas Novas.

Alunos de Caldas Novas que receberam tablets e chips com internet Alunos de Caldas Novas foram os primeiros a receber tablets e chips com internet (Foto: Lucas Diener)

Ao todo, serão distribuídos em Goiás 28 mil tablets e 410 mil chips com internet para estudantes e professores da rede pública de ensino.

O investimento de R$ 83 milhões é uma iniciativa de inclusão digital e vai beneficiar todas as regiões do estado. Como explicou o governador Ronaldo Caiado, os aparelhos são para acesso exclusivo dos estudantes aos sites e plataformas de pesquisa, além de interação direta com atividades escolares.

“Os pais podem ficar tranquilos, porque a criança, o jovem, o adolescente, eles vão realmente utilizar esse chip com internet para estudar. Ele [o chip] terá a duração de um ano. Durante esse período, todos os estudantes vão poder acessar as aulas virtuais e avançar cada vez mais no conhecimento sobre aquelas matérias que desejam pesquisar. Mas tudo na área da educação e do conhecimento”, disse o governador Ronaldo Caiado durante solenidade.

Caiado também afirmou que, para uma educação de qualidade, não pode haver distinção na hora de enviar verbas para escolas estaduais e municipais e que parcerias com prefeituras são necessárias.

“Nós temos de estar de braços dados. É a única maneira que temos de conseguir dar o ensino necessário, com qualidade”, finalizou Caiado.

Ronaldo Caiado destaca importância da inclusão digital durante evento de entrega de chips e tablets em Caldas Novas (Foto: Lucas Diener)

CONECTIVIDADE MÓVEL: TABLETS E CHIPS COM INTERNET

A iniciativa faz parte do programa Conectividade Móvel, que será executado em parceria com as prefeituras e o Ministério da Educação, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Os equipamentos serão entregues a alunos e professores inscritos no CadÚnico ou matriculados nas escolas das comunidades quilombolas e indígenas. Os chips possuem 60GB por ano em cada um. São (5 GB) mensais para acessar a internet por banda larga móvel.

IGUALDADE

O primeiro evento de entrega contou com a presença da secretária da Educação, Fátima Gavioli.

“O senhor, governador Ronaldo, é o único que ao receber o recurso cumpriu a lei 100%. Está entregando os benefícios para as crianças dos municípios. Não pediu alteração da lei”, ressaltou a secretária, ao destacar que Ronaldo Caiado trata as instituições de ensino estadual e municipal com igualdade.

Diretamente beneficiada pelo chip com internet, Glaucia Correia da Silva cursa o segundo ano do ensino médio e comemora:

“Vai facilitar muito nossa vida para pesquisar matérias. Nem sempre a escola tem uma internet boa para auxiliar todos os alunos. A demanda é grande. Esse chip vai dar a oportunidade de cada um de nós termos como fazer nossas pesquisas. Às vezes, as pessoas não têm internet em casa e precisam fazer tarefas sem ter como pesquisar o conteúdo da matéria”.

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Publicações em Alta

PIB de Goiás cresce 4,4% em 2023 e fica acima da média nacional

Polícia Civil prende autor de homicídio e dupla tentativa de homicídio em Caldas Novas

Vereador Everton Jamal leva projeto “Gabinete Itinerante” aos bairros de Caldas Novas

Equatorial Goiás troca 200 chuveiros em Morrinhos